Estado

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Gurupi irá protocolar até o mês de dezembro deste ano na Câmara de Vereadores, o projeto de lei que cria a Universidade da Maturidade de Gurupi (UMG). A proposta foi apresentada pelo Centro Universitário Unirg ao prefeito de Gurupi, Laurez Moreira. A expectativa são que as aulas dos cursos livres ofertados pela UMG iniciem em fevereiro do próximo ano.

Para Laurez Moreira, sempre foi um sonho do município ter uma Universidade da Maturidade. “Os nossos idosos aqui são bem tratados, são várias as ações que fazemos em benefício dessas pessoas. A criação da UMG é uma conquista para toda a população, pois irá potencializar saberes e promover a saúde física e mental da terceira idade”, frisou o prefeito.

“A Unirg atenta às demandas sociais e por isso estamos propondo com a Prefeitura a criação da UMG, com o objetivo de valorizar as pessoas da terceira idade, promovendo a sua inserção social e a melhora da qualidade de vida”, comentou a reitora da Unirg, Lady Sakay.

Benefícios

Os benefícios da Universidade da Maturidade são vários, como a oportunidade de conhecer novas pessoas, possibilitando uma vida social mais ativa e participativa na sociedade e aumentar a autoestima dos idosos.

Valorização da terceira idade

Para a aposentada Raimunda Alves de Morais, 60 anos, uma Universidade da Maturidade é algo grandioso para Gurupi e demonstra a valorização da terceira idade no município. “Eu sempre digo que nunca é tarde para estudar, nossa cidade tem tido bons programas voltados aos idosos e agora com a Universidade, não tenho duvida que vem de encontro as nossas necessidades, além de nos deixar mais animados”, explica dona Raimunda, afirmando que vai ficar de olho e torcer para que o projeto seja colocado em prática.