Polí­tica

Foto: Divulgação

A preocupação com o número de eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico e revisão eleitoral foi repassada pela presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargadora Ângela Prudente, aos representantes dos municípios da 4ª Zona Eleitoral de Colinas do Tocantins. Dos 29.281 eleitores aptos apenas 9.988 já atenderam à convocação da Justiça Eleitoral, faltando ainda 19.293 eleitores. Os números foram apresentados durante reunião na manhã desta sexta-feira (27/11), no Salão do Júri do Fórum de Colinas.

“São números preocupantes, principalmente por que temos aproximadamente 65 dias úteis para o fim do prazo improrrogável, dado pelo Tribunal Superior Eleitoral. É necessário que trabalhemos juntos nesse processo da revisão eleitoral e recadastramento biométrico. A minha visita é para apoiar a juíza eleitoral, os servidores do Cartório e os municípios nesse grande desafio”, afirmou a presidente do TRE-TO.

Como nas demais visitas às ZE’s em biometrização, a desembargadora Ângela Prudente reforçou as consequências para o eleitor que não se recadastrar e para os municípios com possível perda de eleitores.  “Temos a responsabilidade de levar ao cidadão os riscos que ele corre se não atender à convocação da Justiça Eleitoral. Quem não fizer o recadastramento biométrico dentro do prazo vai ter o título cancelado. Não poderá votar nas próximas eleições, não toma posse em concurso público, além de possíveis bloqueios em programas sociais como Pronaf e Bolsa Família e vários outros problemas. Vocês têm que ser multiplicadores disso para a sociedade”, reforçou.

A reunião foi conduzida pela presidente do TRE-TO, juntamente com a juíza eleitoral da 4ª ZE, Grace Kelly Sampaio. A magistrada agradeceu a participação de todos e o apoio que os municípios já vêm dando ao Cartório Eleitoral. “Agradeço a colaboração de todos os municípios que já nos ajudaram muito até o momento, mas ainda é preciso apoio na logística de atendimento ao eleitor e contamos com a parceria de todos”, solicitou a juíza.

Em prol dessa mobilização na convocação dos eleitores, também participaram da reunião, compondo a mesa de honra, o juiz membro do TRE-TO Hélio Eduardo da Silva, o juiz da Comarca de Colinas do Tocantins José Carlos Ferreira Machado, o presidente da Subsecção da OAB de Colinas, o advogado Sérgio Wacheleski e a diretora da Fiesc, Marisete Tavares.

O juiz membro do TRE-TO, Hélio Eduardo, afirmou que “a união faz a força, temos que nos espelharmos nisso, o interesse é de todos”.  Já o advogado Sérgio Constantino falou sobre a importância do recadastramento, “a condição de eleitor é primordial para o exercício da cidadania, não há cidadão que não seja eleitor, por isso é tão relevante o comparecimento de todos no recadastramento”.  

Na oportunidade, o juiz José Carlos Farreira, que também responde pelo Eleitoral em Arapoema, colocou à disposição os servidores do Cartório de Arapoema para ajudar no atendimento em Colinas.

Os prefeitos, vereadores e líderes comunitários que participaram da reunião saíram preocupados com os números, deram sugestões e se colocaram à disposição para mudar essa realidade. “O município de Colinas quer contribuir e vai ceder mais pessoal, ao menos mais dois servidores. Nossa cidade, como as outras, precisa de representatividade e legitimidade para as próximas eleições e para isso é necessário que os eleitores atendam o chamado da Justiça Eleitoral”, afirmou o prefeito José Santana, que sugeriu que atendimento também ocorra aos sábados, em função dos trabalhadores que não têm disponibilidade durante a semana.

O prefeito de Juarina, Antônio Pereira da Silva garantiu, “vou voltar ao nosso município e convocar os vereadores e toda a população e levar a importância do recadastramento para o eleitor e para nossa região”.

A chefe do Cartório de Colinas Dirce Meire Carmo Souza, reforçou que o horário de atendimento no Cartório está sendo das 9h às 18h. E que a maior demanda é realmente com o número de servidores, agradecendo o apoio dos municípios.

Assinatura Convênio

Na oportunidade, a presidente do TRE-TO, desembargadora Ângela Prudente, assinou Acordos de Cooperação Mútua com os municípios de Colinas do Tocantins e Juarina, objetivando a disponibilização de servidores para a Justiça Eleitoral. E com a Faculdade Integrada de Ensino Superior de Colinas do Tocantins – Fiesc, na área de administração de Estágio não remunerado, para auxiliar no recadastramento biométrico e revisão eleitoral.

Participantes

Participaram da reunião o prefeito de Colinas do Tocantins, José Santana Neto e o presidente da Câmara Municipal Raimunda Almeida de Souza; o prefeito de Bernardo Sayão João Gomes Nepomucemo; o presidente da Câmara de Brasilândia Lucas Vieira da Silva; o prefeito de Juarina Antônio Pereira da Silva, além de advogados, representantes de partidos, autoridades religiosas.