Polí­tica

Foto: Divulgação

Depois das visitas institucionais ao governador Marcelo Miranda e ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha, a diretoria eleita da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) prosseguiu nesta semana as visitas institucionais. Na terça-feira, 8 de novembro, o presidente eleito Walter Ohofugi, acompanhado de parte da diretoria eleita, esteve na Assembleia Legislativa e no TCE (Tribunal de Contas do Estado).

Na Assembleia, Ohofugi e os demais advogados foram recebidos pela presidente em exercício da Casa, deputada estadual Luana Ribeiro. No encontro, Ohofugi explicou que, na sua gestão, a ideia é ter uma instituição ativa, que se posicione nos grandes temas da sociedade.

“Vamos agir nas grandes questões da sociedade. Mas sempre com independência. Nossa gestão será apartidária, pois assim que a OAB tem que ser. Por isso temos gente de todas as correntes. Quando a OAB agir, não haverá cloração partidária e sim ação institucional em prol da sociedade”, destacou Ohofugi.

Luana Ribeiro disse conhecer Ohofugi e destacou que OAB estará bem servida. Ela elogiou a formação da chapa OAB Protagonista, que venceu a disputa da OAB com 50% de mulheres. “Inclusive, vou fazer uma moção de aplausos”, salientou a deputada.

Na sequência, os advogados visitaram o presidente do TCE, Manoel Pires dos Santos. Ohofugi também falou da OAB recuperar o protagonismo, destacando que a manifestação da instituição contra a proposta de criação do Tribunal de Contas dos Municípios, em 2010, foi a última grande ação da Ordem.

Tanto na Assembleia, quanto no TCE, os presidentes deixaram as portas abertas para o diálogo com a OAB.

TJ e Procon

Na segunda-feira, 7 de dezembro, os advogados estiveram com o presidente do TJ-TO (tribunal de Justiça do Tocantins), Ronaldo Eurípides. A visita foi de cortesia e institucional, mas os advogados aproveitaram para debater com o Eurípides vários assuntos de interesses da classe.

“Tivemos uma visita muito proveitosa. E o bom, que mesmo sendo apenas uma visita institucional, de cortesia, já serviu para debatermos várias demandas da nossa classe com o desembargador-presidente”, ressaltou o presidente eleito da OAB-TO, Walter Ohofugi.

Entre os assuntos abordados, estão o compartilhamento da tecnologia do TJ com a Ordem, a mudança nas regras de alguns processos para que possam ter sustentação oral dos advogados e a discussão do mutirão de conciliação.

Eurípides foi receptivo aos pedidos dos advogados. Assim que assumir no início de janeiro, a nova diretoria da OAB fará as solicitações oficialmente.

Depois do TJ, os integrantes da diretoria eleita da OAB fizeram uma visita institucional ao Procon, onde foram recebidos pelo superintendente do órgão, Nelito Viera Cavalcante.