Polí­cia

Foto: Divulgação

No início da madrugada deste domingo, 20, policiais civis da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC) comandados pelo delegado Guilherme Rocha, deflagraram a operação “Coffee Shop”, a qual resultou na prisão de Alexander C., de 24 anos, e Yuri O., de 21 anos, ambos suspeitos pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico e no fechamento de um ponto de consumo e venda de drogas, em Palmas.

Na oportunidade, os policiais civis deram cumprimento ao mandado de interdição do ROOT´S BAR, localizado na quadra 103 Norte, de propriedade de Alexander, o qual, segundo levantamentos da Polícia Civil, era utilizado para o consumo e tráfico de drogas na região Central da Capital. A operação foi batizada com o nome de Coffee Shop, em alusão aos estabelecimentos comerciais europeus, onde é permitido o consumo de drogas.

Durante a operação, os policiais civis da Denarc, com apoio da Rotam e GOC, da Polícia Militar, apreenderam diversas porções de maconha e várias “bitucas” de cigarros da mesma droga, espalhadas pelo estabelecimento, confirmando as informações levantadas pela Denarc, de que o bar era utilizado para o consumo indiscriminado de entorpecentes, sendo conhecido como uma “zona livre”. 

Após os procedimentos cabíveis, Alexander e Yuri, que era funcionário no bar, foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. Em outra operação realizada anteriormente no mesmo local, os agentes da Denarc apreenderam mais de 1000 pontos de uma variedade de uma substância alucinógena, chamada de 25-NBome, droga sintética 10 Vezes mais forte que o LSD.