Estado

Apesar dos esforços do Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev-TO) em alertar  aos seus segurados quanto ao prazo final para o Recadastramento 2015, que se encerra no próximo dia 31 de dezembro, até o momento 50,37% dos pensionistas e 18,45% dos aposentados
convocados para realização da prova de vida, ainda não se apresentaram munidos da documentação necessária.

O presidente do Instituto, Jacques Silva, reforça a convocação desses segurados e reafirma que após o encerramento do prazo, os benefícios não recadastrados terão o pagamento suspenso.

O Recadastramento 2015 tem entre os seus objetivos, a finalidade de confirmar a situação legal e atual dos beneficiários. “Além de confirmar a legalidade ao direito de continuidade ao recebimento do benefício, a prova de vida pretende repreender a possibilidade da existência de fraudes que podem ocasionar pagamentos indevidos”, esclarece Jacques Silva, justificando que a suspensão do benefício é um meio necessário ao cumprimento das exigências, aos mais resistentes a legislação.

Balanço Parcial
De acordo com o último relatório do setor, dos 9.303 cadastros que devem ser atualizados, mais de 7mil beneficiários já realizou sua prova de vida, o que equivale a 75,56% do total de benefícios. Porém, desse total recadastrado 6.162, ou seja, 81,55% são segurados inativos (aposentados) e apenas 867, que equivale a 49,63% dos que compareceram, são pensionistas.

Cadastros Pendentes

Com um sistema dinâmico, o Recadastramento 2015 atualiza seus dados em tempo real. Porém o percentual de pensionistas, que ainda não se apresentaram, continua acima da expectativa da Gerência de Cadastro do Órgão, nos últimos dias, especialmente no interior do Estado.E agora apesar de haver menos de 10 dias para o encerramento do prazo, restam mais de 2,2mil cadastros, ou seja, 24,44% do total, que ainda não realizaram a atualização de seus dados, seja pessoalmente ou por encaminhamento da documentação via Correios. Dos segurados que ainda não se apresentaram, 1.394 são inativo (aposentados), que equivale a 18,45% da categoria e 880 são pensionistas, ou seja 50,37% desse tipo de benefício.

Alerta

A gerência de Cadastro do Igeprev orienta os segurados que ainda não se apresentaram a não deixar para última hora. Ambos os tipos de beneficiários devem procurar o atendimento na sede do Instituto em Palmas, ou em um dos polos do É Prá Já de Gurupi ou Araguaína. Outro cuidado deve ser tomado quanto à exigência da documentação, que não é aceita com o reconhecimento de firma por semelhança.

Dúvidas

Para consultar a documentação exigida ao seu tipo de benefício, o segurado deve acessar o link Recadastramento, no Portal do Segurado por meio do endereço eletrônico www.igeprev.to.gov.br. Ou por meio da Central de Atendimento 0800 647 07 47, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, a ligação é gratuita.

Convocados

Segurados inativos, aposentados dos poderes executivo, legislativo e judiciário, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública, assim como, os militares reformados ou em reserva remunerada, cartorários e pensionistas, residentes no Tocantins, em outros estados ou mesmo em outros países, bem como os beneficiários pensionistas destes. Não se incluem nesse recadastramento os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social  (INSS).

Suspensão temporária

Encerrado o recadastramento, será publicada no Diário Oficial do Estado a relação dos beneficiários não recadastrados, que terão ainda um prazo de 30 (trinta) dias para regularizar sua situação, possibilitando após essa última convocação, a devida suspensão do pagamento do benefício.

Suspensão definitiva
Vencidas todas as tentativas de recadastramento, o Instituto vai realizar uma consulta no Sistema de Óbitos (Sisobi) para verificar o eventual falecimento dos que permanecem não recadastrados, mesmo após a suspensão de pagamento. E ao final, o Igeprev vai gerar um relatório com as informações dos inativos e pensionistas recadastrados, assim como dos não recadastrados.

Por: Redação

Tags: Igeprev, Jacques Silva