Estado

Foto: Divulgação

Depois de reunir a equipe de governo e pontuar as principais áreas que precisam de investimentos, a Prefeitura de Tocantinópolis decidiu cancelar a realização do Carnaval na cidade em 2016. A decisão foi tomada pelo prefeito, Fabion Gomes (PR), após reunião com todos os secretários municipais na manhã desta quinta-feira, 7, em seu gabinete. Será uma medida preventiva para continuação dos serviços públicos.

De acordo com o Poder Executivo, este ano a exemplo do ano anterior, o município não tem condições financeiras sequer para a realização de um dia de festa de carnaval. “A meta é pagar o funcionalismo e os fornecedores e não deixar nenhuma conta pendente. Iremos destinar este último ano de mandato em ações que contemplem as áreas da educação, saúde, infraestrutura e folha de pagamento”, garantiu Fabion.

Em 2015, não só em Tocantinópolis, mas principalmente em todo o País, os municípios sofreram grandes cortes nos repasses do Governo Federal e Estadual. “Para pagarmos os servidores da Educação tivemos que alocar com recursos próprios da Prefeitura mais de R$ 800 mil reais, pois somente o dinheiro repassado pelo Fundeb não daria para quitar os salários dos professores”, informou.

A recomendação do prefeito é contenção de despesas para tentar honrar compromissos com a população. “Acreditamos que teremos o apoio dos munícipes, sobretudo aqueles que conhecem as dificuldades do município, para mantermos a cidade bem cuidada e os serviços essenciais funcionando de acordo com a necessidade da população”, explanou Fabion.

Horário corrido continua 

Objetivando a contenção de despesas, o prefeito Fabion estabeleceu que este ano o horário de funcionamento das repartições públicas municipais continuará das 7 às 13 horas. “A prefeitura propôs o horário corrido para o funcionamento das atividades da administração pública objetivando a contenção de gastos. Esse horário é uma medida que adotamos em 2015 e continuaremos este ano também. É uma maneira de economizar algumas despesas como: água, energia, telefone, papel, dentre outros”, argumenta.

Reposição das gratificações

O governo municipal explica que há outras providências a serem tomadas neste início de ano, que é o retorno dos 30% das gratificações nos salários dos servidores. A medida de corte teria sido tomada no ano passado no momento em que o município enfrentava contenções e cortes no orçamento. “Vamos fazer de tudo para não retirar novamente as gratificações. A nossa intenção é que a partir do dia 1º de janeiro todas as gratificações voltem a serem pagas aos servidores”, disse.

Pagamento dos servidores em dia

A atual Administração reforça que um dos principais objetivos é continuar valorizando os funcionários públicos municipais e mantendo em dia os pagamentos dos servidores. “A Prefeitura vem mantendo em dias os pagamentos. Creditamos antes do Natal o décimo terceiro de todos os funcionários. Isso é valorizar o servidor público e honrar o compromisso firmado com os servidores, que trabalham diariamente, para o bom andamento dos serviços prestados à nossa população”, destacou.

Obras e datas comemorativas

Independente dessa decisão, o Governo Municipal informou que haverá investimentos em obras e em datas comemorativas já a partir do início do ano, como a construção do Posto de Saúde do Povoado Pedro Isaías; Praça dos Buritis Maria Joaquina Borges; continuação dos serviços de tapa-buracos; aniversário da cidade; período de veraneio; inauguração da Unidade de Pronto Atendimento 24hs (UPA), dentre outros.

“Já iniciamos a construção de um amplo e moderno Posto de Saúde no Povoado Pedro Isaías. Iremos fazer a Praça dos Buritis Maria Joaquina, inaugurar a UPA, continuação dos serviços de tapa-buracos e uma linda festa de aniversário da cidade e período de veraneio, além de eventos e ações das Secretarias Municipais. Essas serão metas para este ano”, declarou.

Fabion disse que apesar da situação que os municípios estão passando, a cidade de Tocantinópolis vai bem. “As coisas estão difíceis, contudo estamos andando com precisão. Diante de todas as dificuldades, a Prefeitura de Tocantinópolis mostra-se equilibrada. Por isso estaremos trabalhando diuturnamente para fazer do nosso município uma cidade com mais oportunidades, mantendo sempre boas ideias para o bem comum de todos”, garantiu Fabion.