Estado

Foto: Marcio Vieira Foi anunciado um pacote de medidas para intensificar o combate à violência na região sul da Capital Foi anunciado um pacote de medidas para intensificar o combate à violência na região sul da Capital

O Governo do Estado anunciou nesta quarta-feira, 13, um pacote de medidas para intensificar o combate à violência na região sul da Capital. A divulgação foi feita durante reunião com moradores e empresários no Palácio Araguaia.

“Os comerciantes nos procuraram e por determinação do governador Marcelo Miranda, nossas forças de segurança darão uma resposta rápida e dentro das nossas condições de efetivo e estrutura, por entendermos que se trata de uma prioridade”, disse a vice-governadora Claudia Lelis, que conduziu a reunião juntamente com o titular da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), Cesar Simoni, e o comandante da Polícia Militar (PM), coronel Glauber de Oliveira Santos.

O governo anunciou que irá reativar a 4ª Delegacia de Polícia (DP) no período noturno; colocar mais motocicletas para o patrulhamento da região; reativar o policiamento em duplas, denominado Cosme e Damião, que consiste na modalidade de fazer o patrulhamento a pé; aumentar a frequência de blitz; integrar os serviços de comunicação on-line dos empresários com as bases da PM e Polícia Civil (PC).

Durante o encontro, foi apresentada também a proposta de criação de um espaço integrado na região sul da Capital, voltado para cuidar da questão da segurança pública. Na oportunidade, foi proposta a instalação deste local no Shopping da Cidadania, em Taquaralto. A ideia foi abraçada pelos presentes e será encaminhada pelo Governo do Estado à prefeitura de Palmas.

“Se a proposta for aceita pela prefeitura, o Governo do Estado dará todo o suporte de pessoal e viatura para que seja realizado um trabalho de vigilância e fiscalização que funcione durante as 24 horas do dia”, explicou o secretário de Segurança Pública.

Ações na Segurança Pública

O secretário Cesar Simoni anunciou que até o final deste ano o Governo do Estado irá implantar o Centro Integrado de Comando e Controle, que vai ajudar no monitoramento e combate ao crime. O gestor pontuou também que já estão em curso a reforma de 11 delegacias, manutenção da frota veicular e a implantação do Laboratório de Lavagem de Dinheiro, que vai realizar o acompanhamento financeiro dos criminosos.

Na ocasião, o secretário citou a reativação do Gabinete de Gestão Integrada do Estado (GGIE), que tem o intuito de discutir e definir estratégias de combate à violência no Tocantins, por meio da união dos diversos órgãos ligados ao legislativo, à justiça e segurança.

PM fará concurso para mil soldados

O coronel Glauber de Oliveira Santos anunciou que será reativada a unidade móvel de segurança da PM na região sul e que o Governo do Estado está empenhado na realização do concurso público para prover mais de mil cargos de soldados.

O comandante da Polícia Militar disse ainda que a instituição abrirá um canal de comunicação exclusivo com os empresários da região sul da Capital para resolução de problemas e recebimento de denúncias, além de realizar reuniões mensais e periódicas com membros do setor comercial e da comunidade. Os representantes receberam também orientações sobre normas e condutas de segurança que devem seguir para diminuir os riscos de assaltos em seus estabelecimentos.

Comerciantes apostam em melhorias

Os representantes da região sul da Capital, que provocaram a reuniram com o Governo do Estado, agradeceram o atendimento rápido e se mostraram otimistas com as medidas anunciadas pelo Governo e analisaram as propostas como sendo eficazes.

De acordo com o vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), Thiago Rosa Santiago, a reunião foi positiva. “Os compromissos propostos pelo governo vem melhorar a questão da segurança na região sul de Palmas. As propostas, em sua maioria, vêm de encontro aos nossos anseios”, disse.

Já o empresário e representante da Associação Comercial e Industrial de Taquaralto e Aurenys (ACIT), Gildemar Moreira, disse que os empresários ficaram felizes com as propostas. “Com certeza essas propostas vão gerar um efeito eficaz no combate à criminalidade. Com o aumento do efetivo de policiais e viaturas na região, o resultado com certeza vai ser positivo”, concluiu.