Educação

Foto: Divulgação

O secretário de Estado da Educação, Adão Francisco de Oliveira, foi convidado pela Embaixada Americana para participar da Missão de Secretários Estaduais de Educação, nos Estados Unidos da América (EUA), no período de 24 a 30 de janeiro. Gestores de Educação de outros sete estados brasileiros também participarão das reuniões e visitas técnicas durante o evento “Educação do Século XXI: Construindo pontes para um futuro promissor dos estudantes do ensino médio”.

De acordo com Adão Francisco, a importância da participação do Tocantins se dá pela relevância do evento que vai reunir educadores e gestores da área para uma troca de conhecimento quanto às práticas exitosas na Educação. Durante o encontro serão apresentadas as ações de Educação Integral e Humanizada desenvolvidas pelo governo do Tocantins nas mais de 500 escolas da rede estadual.

O modelo de Educação Integral e Humanizada implantado no Tocantins abrange a ressignificação curricular, projetos arquitetônicos, eficiência energética nas escolas, uso sustentável da água e paisagismo das unidades de ensino. “O convite para a participação no congresso se deve à nossa política de Educação Integral e Humanizada que pretende formar os estudantes, valorizando as aptidões e as competências, buscando superar as desigualdades socioeducacionais”, enfatiza o secretário da Educação.

Programação

Na programação estão previstas visitas à Universidade de Maryland e ao Departamento de Educação dos EUA, em Washington. Na oportunidade serão discutidas as inovações no ensino, acesso e equidade no sistema educacional norte-americano e apresentação sobre as experiências exitosas do sistema educacional brasileiro. Os debates também dão enfoque ao desenvolvimento, implementação e avaliação de políticas educacionais federais para o incentivo do estudo das ciências, tecnologia e inovação.

Em São Francisco, o grupo visitará ainda o Distrito Escolar Unificado de São Francisco e a Escola de Ensino Médio Acadêmico Phillip, além de reunirem-se com o setor empresarial local para conhecer experiências nas áreas de financiamento e apoio à educação, oferta de estágios e verificar como o setor produtivo trabalha com as escolas de ensino médio para que os seus formandos saiam com as habilidades que eles precisam para seguir com os seus estudos ou entrar no mercado de trabalho.

Em Nova York, conhecerão o NYC Generation Tech (Geração Tecnológica da Cidade de Nova York), onde se reunirão com representantes dessa iniciativa, que oferece a alunos promissores do ensino médio, mas em situação de desvantagem social, oportunidades de treinamento nas áreas de tecnologia e empreendedorismo. 

Os secretários também devem visitar a Academia de Jovens Empreendedores e Pathways in Technology Early College High School (Escola de Ensino Médio com foco na Universidade e nos Caminhos em Tecnologia), um modelo inovador que conecta o ensino médio, o ensino pós-médio e o mundo do trabalho por meio de parcerias entre a universidade e a indústria.