Estado

Foto: Divulgação

Na tarde desta segunda-feira, 1º de fevereiro, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (Sinpol-TO), representado pelo presidente, Moisemar Marinho, e pelo tesoureiro, Argus Nazareno, participou de reunião na sede da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz). A reunião tinha como pauta os repasses das associações e sindicatos de classes do Estado e foi conduzida pelo novo secretário da pasta, Edson Ronaldo Nascimento, além de contar com a presença dos representantes das classes sindicais e associações do Estado. O Sinpol-TO também pediu o repasse obrigatório dos planos de saúde que estão deixando de atender pela falta de repasse, entre os planos estão o da Unimed, gerido pelo Sindicato, e o Plansaúde, pelo Estado.

O novo secretário da Fazenda esclareceu que ainda está tendo uma noção global dos problemas financeiros do Estado e que toda a sua equipe está trabalhando para solucionar os problemas. Durante a reunião, o secretário recebeu de sua equipe técnica um documento com o valor montante em débito com as entidades em 2015, cerca de R$ 11 milhões.

Ao final do encontro, o secretário demonstrou uma possibilidade de pagamento da metade da dívida ainda no dia de hoje. Uma nova reunião será marcada semana que vem para a apresentação de uma proposta sobre o pagamento do restante do montante.

Convocação

O Sinpol convocou seus filiados a participarem de manifestação contra o Projeto de Reestruturação das Carreiras Públicas, proposto pelo deputado estadual Ricardo Ayres, que está em tramitação na Assembleia Legislativa, a proposta prevê que “a criação e incorporação de qualquer vantagem financeira aos servidores e membros de quaisquer dos Poderes e demais Instituições somente poderá ser apreciada mediante estudo prévio de impacto financeiro e orçamentário.”

A manifestação acontecerá amanhã, terça-feira (2), às 9 horas, na frente da Assembleia Legislativa, com a presença de todas as entidades classistas que juntas irão visitar os gabinetes dos deputados pedindo a não aprovação do projeto.