Polí­cia

Foto: Divulgação

O período de festividades do carnaval no Estado do Tocantins contou com o reforço da Polícia Militar (PM) através da “Operação Carnaval 2016”, realizada no período de 05 a 09 de fevereiro, com o emprego do efetivo administrativo e operacional de todas as Unidades da PM. O resultado desta Operação foi divulgado à imprensa na tarde desta quarta-feira, 10, em entrevista concedida pelo comandante geral da PM do Tocantins, coronel PM Glauber de Oliveira Santos, no Quartel do Comando Geral em Palmas.

A PM realizou policiamento a pé e motorizado nos locais onde ocorreu aglomeração de pessoas durante a folia, bem como, bloqueios (blitzes) e abordagem em pontos estratégicos das cidades. Foram abordadas 5.755 pessoas suspeitas durante a ação, que culminou com a prisão de 18 indivíduos, apreensão de 12 armas de fogo, 33 armas brancas (facas e similares), além de seis apreensões de drogas.

O total de veículos abordados foi de 4.298, com a notificação de 356 veículos por infração ou crime de trânsito, e 50 veículos removidos. As Unidades da PM que mais realizaram abordagens a pessoas e veículos foram o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária Estadual e de Divisas (BPMRED), o Batalhão de Polícia Militar Ambiental, o 4º Batalhão da PM, com sede na cidade de Gurupi, e o 7º Batalhão da PM, com sede na cidade de Guaraí.

Durante o período das festividades, no circuito da folia, não foi registrada nenhuma ocorrência de homicídio, assim como ocorreu no mesmo período do ano passado. Ocorrências de tentativa de homicídio foram apenas duas, mesma quantidade de 2015. Furtos de veículo foram cinco, apenas um registro de furto a pessoa, e um registro de roubo a pessoa. Lesão corporal registrou sete ocorrências e violência doméstica teve um registro.

Para o comandante Geral da PMTO, os dados indicam que mais uma vez a Polícia Militar esteve comprometida em oferecer à população tocantinense e a todos os foliões que estiveram no estado nesse período, um carnaval tranquilo, mantendo a tradição de ter um dos carnavais mais seguros do Brasil. 

“O resultado positivo desta Operação Carnaval 2016 é em grande parte mérito de todos os nossos policiais militares, profissionais dedicados que executaram suas atividades de forma eficaz e efetiva. Os números satisfatórios foram reflexo de patrulhamentos, blitzen e abordagens, realizados durante os dias de festividades carnavalescas por esses profissionais”, elogiou o comandante geral.