Estado

Foto: Divulgação

Com início nesta terça-feira e duração de 24 horas, encerrando amanhã, 17, às 8h, policiais civis em todo o Estado realizam paralisação de suas atividades contra a  falta de cumprimento dos acordos firmados pelo Estado com a categoria. A ação foi organizada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (Sinpol-TO) e é a primeira de várias paralisações pontuais que foram definidas durante Assembleia, em janeiro, e devem acontecer uma vez por mês.

Entre as ações durante o protesto, os policiais civis se reuniram na sede do Sindicato, onde realizaram Assembleia Geral. Na oportunidade, foram apresentadas pela assessoria jurídica as quatro ações ajuizadas pelo Sindicato até o dia 15 de fevereiro em prol da categoria. Foram elas: A promoção da turma de 2004; O enquadramento de 1994 e 1998; Da anulação do Decreto com a Obrigação de Fazer referente ao Alinhamento Salarial da categoria; O parecer da assessoria jurídica do Sindicato sobre o ajuizamento da ação no Supremo Tribunal Federal.

Os policiais civis também estiveram na porta da Assembleia Legislativa para cobrar apoio aos deputados para a resolução dos acordos, e também foram até o Hemocentro realizar doação de sangue.

Por: Redação

Tags: Assembleia Geral, Sinpol