Polí­tica

Foto: Divulgação

O vice-presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde do Tocantins, João Edmilson Lima Coelho, filiou-se ao Partido Verde na noite desta última quinta-feira, 18. O Ato de filiação ocorreu em sua residência na quadra 307 Norte, antiga Arno 33. O evento contou com a presença da pré-candidata a Prefeitura de Palmas, vice-governadora Cláudia Lelis, do presidente regional da sigla, Marcelo Lelis, presidente do PV Metropolitano, Deocleciano Gomes, líderes comunitários e sindicalistas.

Durante pronunciamento, a vice-governadora comentou o ato de filiação.  “A vinda do Edmilson para o PV me deixa muito feliz, pois nos dias de hoje, é difícil encontrar alguém que ainda tenha um brilho nos olhos, que acredita na política, que tenha o desejo de fazer algo pelas pessoas e ele tem essas características. Não tenho dúvidas de que a contribuição que ele dará a esse novo projeto que está sendo construído para Palmas será muito grande, que venham mais companheiros para que juntos possamos construir a cidade dos nossos sonhos”, disse.

O presidente regional do Partido Verde, Marcelo Lelis, exaltou a chegada do novo filiado ao PV. “A vinda do Edmilson para o PV é extremamente importante, pois ele convive com uma classe que se comunica diariamente coma comunidade de Palmas, conhece muito bem a realidade das pessoas. Ele contribuirá de maneira muito significativa para a construção desse projeto que o PV está elaborando, pois tudo está sendo feito ouvindo as pessoas, cada morador da nossa Capital e aqui está a nossa vice governadora que irá capitanear nossa caminhada, ela irá às ruas conversar com o nosso povo, pedir uma oportunidade que nunca nos foi dada, e para esse projeto que estamos convidando vocês para participarem”, salientou Lelis.

Já o novo filiado disse que sua aproximação do partido se deu pela forma como o PV trabalha. “Me apaixonei pelo partido porque ele agrega as pessoas, recebe todo mundo, o pobre, o rico, o branco o preto. Sou agente de saúde há 13 anos e somos cobrados 24 horas por dia, mas nunca fomos valorizados. A gestão que aí está nunca olhou para a classe, pelo contrário, ele tirou nossos benefícios. Então quero pedir para a senhora, vice-governadora, que quando a senhora chegar na Prefeitura, olhe para essa classe, pois eu gosto muito dessa área, mas precisamos ser valorizados”, concluiu.