Cultura

Foto: Divulgação

Assim como a sociedade brasileira, o cinema nacional também é multifacetado e plural. Atualmente, as comédias têm se destacado sendo as grandes campeãs de bilheteria. Mas nem só de risadas e confusões é feita a produção do País. Tem romance, drama, ação, documentário. 

Para celebrar essa diversidade, o CineSesc inicia uma nova mostra em Palmas e Gurupi. “O Outro Lado da Produção Nacional” traz um recorte diferente, com elementos mais cotidianos e com personagens e histórias complexas, bem diferente do universo das comédias. Entre 3 e 24 de março (Palmas), e entre 4 e 20 de março (Gurupi), os cinéfilos podem assistir, gratuitamente, os filmes “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, “O Som ao Redor”, “O Lobo Atrás da Porta” e “Super Nada”.

Quem abre a mostra nesta quinta-feira, 3, é “O Som ao Redor”. Dirigido por Kleber Mendonça Filho, a história se passa em uma rua de classe média na zona sul do Recife. A vida dos moradores se transforma com a presença de uma milícia que cobra para oferecer segurança. Enquanto uns acham que finalmente a paz e a segurança tinham chegado, outros passam por momentos de tensão. Bia, casada e com dois filhos, vive nesse embate e procura um meio de lidar com o barulhento cachorro de seu vizinho. 

Já em “Hoje eu quero Voltar Sozinho”, o diretor Daniel Ribeiro apresenta a trajetória de Leonardo, um adolescente cego que vive com a superproteção da mãe e tenta conquistar sua independência. Tudo muda com a chegada de Gabriel, fazendo o jovem descobrir novos sentimentos e entender mais sobre si mesmo e sobre sua sexualidade. 

Grandes nomes do cinema e da televisão brasileira, como Milhem Cortaz, Fabíula Nascimento, Juliano Cazarré e Leandra Leal estão em “O Lobo Atrás da Porta”. Bernardo (Cortaz) e Sylvia (Fabiula) vão à delegacia após o desaparecimento do filho. O delegado (Cazarré) decide interrogá-los separadamente e descobre a existência de Rosa (Leandra), amante de Bernardo. Com o depoimento do trio, vem à tona uma rede de mentiras, amor, vingança e ciúmes envolvendo Bernardo, Rosa e Sylvia. 

Por último, em “Super Nada”, Guto é um artista de rua que almeja ser um ator reconhecido. Aplicado, ele participa de todas as audições possíveis, esperando a sorte chegar. Em um teste, encontra Zeca (Jair Rodrigues), comediante de TV idolatrado, mas com uma carreira decadente. Apesar de tê-lo como referência, o relacionamento entre os dois não foi nada amistoso. Será que a sorte do artista de rua muda com a presença de seu ídolo?

O CineSesc Palmas funciona no Centro de Atividades (502 Norte) e o CineSesc Gurupi está localizado na Unidade Operacional do Sesc em Gurupi. 

“O Som ao Redor” 

3, 5, 11, 17 e 24 de março - 19h (Palmas) | 5, 6, 11, 20 de março - 19h (Gurupi)

“Hoje eu quero voltar sozinho”

4, 6, 12 e 18 de março – 16h (Palmas e Gurupi)

“O lobo atrás da porta”

4, 10, 12 e 18 de março – 19h (Palmas) | 4, 12, 13 e 18 de março – 19h (Gurupi)

“Super Nada”

5, 11, 13 e 20 de março – 16h (Palmas e Gurupi)

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Cine Sesc, Cinema