Polí­tica

Foto: Divulgação

O Dia Internacional da Mulher foi comemorado com sessão solene na Câmara de Palmas. O evento contou com a participação da primeira-dama de Palmas, Glô Amastha, de esposas dos vereadores, de lideranças religiosas e das servidoras da Casa de Leis.

A palestra “Mulher, um vaso de bênçãos” foi proferida pela médica e pastora Ana Paula Pedreira. Já a servidora Maria Regina Bento recebeu homenagem representado todas as mulheres da Câmara, enquanto Glô Amastha falou sobre o respeito à mulher, ressaltando o combate à violência doméstica.

Em seus discursos, os vereadores enfatizaram as conquistas e valorização da mulher na sociedade. “A mulher é o fundamento do mundo e precisa ser de fato valorizada”, resumiu Lúcio Campelo (PR).

Hiram Gomes (PSDB) destacou que o parlamento de Palmas comemora o Dia Internacional da Mulher deste o ano de 2002, independente de haver ou não mulheres no cargo de vereadoras. E mais do que comemorar a data, o parlamentar salientou que a Câmara sempre contou com vereadores que se preocupam com as políticas públicas voltadas para o público feminino. Citou como exemplo projetos já aprovados pela Casa, a exemplo da lei que resguarda o direito das mulheres amamentarem seus filhos em espaços públicos sem sofrerem constrangimento.

“O mundo não tem como se sustentar sem vocês, o mundo não tem como ser melhor sem vocês”, afirmou o vereador Milton Neris (PR) referindo às mulheres presentes na sessão, seguido por Adão Índio (PSL) que destacou as mulheres guerreiras da cidade. “Que Deus possa estar abençoando estas mães guerreiras”.

O vereador Folha Filho (PTN) recitou um poema de Cora Coralina e dedicou os versos a todas as mulheres do Tocantins.

Encerrando a solenidade, o presidente da Câmara, vereador Rogério Freitas (PMDB), agradeceu as mulheres pela dedicação às famílias e à sociedade, agradecendo em particular o empenho da esposa Delma Freitas, primeira-dama do parlamento.