Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado José Salomão (PT) apresentou requerimento na manhã desta quinta-feira, dia 10, solicitando a antecipação do cronograma de execução do Programa Luz para Todos, no município de Conceição do Tocantins. O pedido é endereçado ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, ao Diretor Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Donizete Rufino e ao Presidente da Energisa-Tocantins, Ribeiro José Barbanera.

De acordo com o cronograma de execução do programa no Estado do Tocantins, o município de Conceição do Tocantins seria beneficiado apenas no final do programa, ou seja, no ano de 2018.

A razão pelo pedido de antecipação, segundo o deputado, é que o município é um dos mais afetados com a seca durante o período de estiagem. “A população já é castigada com a seca e falta de energia elétrica que contribui ainda mais para o sofrimento dessa comunidade. A região foi contemplada com 495 cisternas do Programa Água para Todos, só que é necessário a instalação de energia para o funcionamento destas”, ressaltou.

Ainda segundo o parlamentar, Conceição do Tocantins abriga duas comunidades quilombolas em estágio avançado de reconhecimento, que tem, inclusive, “recebido atenção especial da Defensoria Pública em virtude da baixa qualidade de infraestrutura e das condições precárias de vida”, esclarece o deputado.

Outro fator é que o programa foi iniciado no município há quatro anos, tendo algumas redes com projetos prontos, inclusive com distribuição de postes, tendo sido interrompido por problemas técnicos na empresa concessionária do serviço.

Ponte sobre o Rio Palmas

José Salomão também apresentou outro requerimento solicitando à Secretaria de Infraestrutura, a construção de uma ponte sobre o Rio Palmas, ligando o povoado Mosquito ao município de Lavandeira.

O pedido da construção da ponte se faz necessário para otimizar o escoamento da produção agropecuária, bem como facilitar o trânsito do transporte escolar e o acesso da população daquela região.

Segundo o deputado, a ausência da ponte entre os municípios cria uma grande dificuldade ao transporte escolar, que tem feito um trajeto quase 200% maior que o necessário, tendo que passar pelo município de Aurora do Tocantins para chegar ao trajeto final.

 Defesa do PT

O deputado também aproveitou a tribuna para defender o Partido dos Trabalhadores e criticar a manifestação do dia 13. Para José Salomão, a manifestação que ocorrerá no próximo domingo, “representa e traduz o inconformismo de uma oposição raivosa e inconsequente que vive apostando no quanto pior, melhor e não se conforma com o resultado das eleições”, disparou.

 O deputado petista criticou o senador Aécio Neves (PSDB), que foi derrotado por mais de 3,5 milhões de votos nas últimas eleições presidenciais. “Não conformado com a perda e protagonizou um movimento para tirar Dilma do poder e assumir a presidência”, referiu-se ao senador tucano.

Ainda segundo o parlamentar, está havendo um conluio, com o que classificou de mídia golpista, responsável pela atuação da polícia Federal e Ministério Público, que estão comprometidos com o juiz Sergio Moro. “Esse juiz Moro foi descredenciado pelo Ministro do STF, Marco Aurélio Melo, que recomendou que o mesmo voltasse ao banco da faculdade pelos absurdos cometidos na Operação Lava Jato, com a condução coercitiva do ex-presidente Lula, sem fundamentação legal”, ponderou.

José Salomão finalizou seu discurso chamando a atenção dos colegas parlamentares para uma reflexão no sentido de haver um entendimento político em prol das melhorias do País. “Essa crise política e esse pessimismo que foi instalado no País não pode perdurar por muito tempo, porque não faz bem ao futuro do Brasil, só retrai a economia e afunda o País”, analisou.