Campo

Foto: Manoel Junior

Dentro as estimativas já sentidas no setor agrícola, estando ainda em período de colheita da primeira safra, o 6º levantamento de estimativa de produção de grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta quinta-feira, 10, continua a queda da produção em 15%, o anterior previa 10%. O motivo da perda ocorrida esse ano, foi devido à escassez de chuvas, principalmente no mês de fevereiro, influenciado pela presença do El Niño na região.

De acordo com a estimativa a produção de grãos será de 3,58 milhões toneladas (t), 15% a menos que a safra 2014/2015, que foi de 4,22 milhões. A previsão do levantamento para soja é de 2,19 milhões/t, uma redução de 11,4%, com relação à safra passada que foi de 2,47 milhões/t. Para o milho é de 763,13 mil/t e para o arroz de 551,61 mil/t.

A área plantada também teve redução de 3,2%, saindo de 1, 24 milhões de hectares (ha) para 1,2 milhões. A soja teve aumento de área em mais de 2,4%, passando de 849 mil hectares (ha) para 870, entretanto o crescimento da área de plantio foi prejudicado pela queda na produção.

De acordo com o diretor de Políticas da Agricultura e Agronegócio da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), José Américo Vasconcelos, atualmente o Tocantins está no pico da colheita da soja e início do plantio da safrinha. “E se confirmarem as previsões agrometeorológicas, que é de chuva abaixo do normal climatológico para os próximos três meses, se torna preocupante tanto para o fechamento da colheita de soja, quanto para a produção do milho safrinha”, alertou.