Saúde

Foto: Divulgação

Cerca de 300 trabalhadores da área da saúde, exonerados ainda no ano de 2015, continuam trabalhando na Secretaria Estadual da Saúde no Tocantins e estão sem receber plantões extras e outros benefícios. Os trabalhadores fazem parte de equipes de apoio e alguns informaram ao Conexão Tocantins que, mesmo exonerados, continuaram trabalhando com a promessa de serem recontratados. 

Fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas e enfermeiros estão entre os funcionários. Muitos não receberam plantões extras, outros o 13° e ainda, férias. "Trabalhamos três meses com a promessa de sermos recontratados mas ficamos sem receber nada. Ninguém foi recontratado!", disse um dos ex-funcionários em questão. 

A dívida da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para com os trabalhadores seria correspondente aos meses de novembro, dezembro e janeiro e alguns, fevereiro de 2016. "Quando que vão pagar os plantões extras os dos funcionários da saúde exonerados?!", reforçou o ex-funcionário da Saúde no Tocantins. 

A Sesau informou que em virtude da renovação de contratos e consequente realização de acertos, está realizando, juntamente com a Secretaria de Estado da Administração (Secad), uma força tarefa para efetuar os pagamentos devidos o mais breve possível. A Secretaria explicou que muitos contratos estão sendo renovados e informou não ter como estimar o número real de funcionários exonerados e que continuam trabalhado porque há contratos que venceram em outubro, outros em novembro e assim por diante. Segundo a Sesau, cada caso é um caso. 

Quanto aos plantões extras, a Sesau informou que realizou o pagamento referente ao mês de setembro/2015 e que os demais meses estão sendo apurados para que sejam efetuados junto às folhas de pagamento de cada mês.

Por: Redação

Tags: Secretaria Estadual da Saúde