Educação

Foto: Elias Oliveira  O Censo é o principal levantamento estatístico/educacional sobre as unidades de ensino públicas e particulares do País O Censo é o principal levantamento estatístico/educacional sobre as unidades de ensino públicas e particulares do País

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou a data de coleta de dados referentes ao Censo Escolar 2016. Considerado o Dia Nacional do Censo Escolar, a última quarta-feira do mês de maio, que neste ano será dia 25, é a data-referência para as escolas levantarem todas as informações constantes no portal Educacenso.

De acordo com o Inep, as unidades escolares das redes municipal, estadual, federal e particular devem cadastrar os dados no portal até o dia 29 de julho. Conforme o gerente de Dados e Estatística da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Osvaldo Dantas, é fundamental que as escolas se atentem para a data-referência para a coleta dos dados para o Censo Escolar 2016.

“Em âmbito nacional, ficou definida a última quarta-feira de maio como referência. Mesmo que as escolas tenham dois meses para enviar os dados, elas devem levar em consideração as informações referentes ao dia 25 de maio. Desta forma, caso haja transferência, ou outra movimentação de alunos, não haverá duplicidade ou perda de informações”, explicou.

Outra orientação que as escolas devem ficar atentas é com relação à documentação que comprove as matrículas e a regularidade dos alunos. Dantas reforçou a importância de se manter estes documentos atualizados e organizados para serem cadastrados no Educacenso. “Além disso, a Seduc e os técnicos do Ministério da Educação (MEC) costumam fazer visitas in loco por amostragem, para checar a veracidade das informações enviadas”, completou.

Censo Escolar

O Censo Escolar, realizado anualmente, sob a coordenação do Inep, é o principal levantamento estatístico/educacional sobre as unidades de ensino públicas e particulares do país, além de professores, alunos e turmas. Os dados contêm informações detalhadas, que colaboram para subsidiar a definição de políticas públicas brasileiras de educação, bem como a distribuição de recursos da União para estados e municípios.

As informações do Censo são usadas ainda para o cálculo do índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb), indicador de referência para as metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). (Com informações do MEC)