Polí­cia

Foto: Divulgação

O delegado titular da 5ª delegacia de Polícia Civil de Palmas (5ª DP), Evaldo de Oliveira, ouviu na tarde desta terça-feira, 12, um homem que confirmou ter gravado e divulgado um vídeo fazendo ameaças aos policiais do Tocantins. Fabrício A. da S., vulgo “Pau Véi”, de 21 anos, está preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP) e foi levado até a 5ª DP para prestar declarações sobre o caso.

De acordo com o delegado, depois que o vídeo foi divulgado nas redes sociais, a Polícia Civil começou a investigar sua autoria. “Com o apoio do serviço de inteligência do sistema penitenciário, coordenado pelo policial civil Renato Mendes, conseguimos identificar Fabrício Araújo, que tem a mesma aparência e voz do homem no vídeo”, afirma.

Em depoimento, Fabrício A. confirmou ser o autor do vídeo, e afirmou ter o feito de um aparelho de celular, que posteriormente foi recolhido em uma revista realizada por agentes da CPP.  Apesar de admitir fazer parte de uma organização criminosa, Fabrício afirmou que gravou o vídeo em nome próprio, e não em nome do coletivo da facção. 

Segundo o delegado Evaldo de Oliveira, o autor do vídeo foi indiciado pelo crime de ameaça e um inquérito policial foi instaurado para apurar o envolvimento de outras pessoas. Fabricio continua preso na CPP de Palmas, onde já responde pelo crime de latrocínio, ocorrido em 2012, que vitimou o delegado federal Edward Neves Duarte.