Campo

Foto: Divulgação

A Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins Brasil 2016) será realizada, de 03 a 07 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas e já está com todos os espaços planejados para estandes reservados. Ao todo, são cerca de 550 expositores e vão ocupar as estruturas empresas de máquinas agrícolas, insumos e serviços agrícolas, agroenergias, fazendas, construção civil, concessionárias de veículos, associações e cooperativas, instituições bancárias, órgãos públicos da esfera federal, estadual e municipal, entre outros ligados ao setor agropecuário.

Os espaços planejados já estão reservados superando as expectativas, mas, ainda há como organizar novos espaços, garante o engenheiro agrônomo da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária e membro da comissão organizadora da Agrotins, Fernando Garcia. Segundo ele, as empresas ou instituições que tiverem interesse em participar devem procurar a Seagro o quanto antes. “Tentaremos arrumar um espaço, é importante a participação de todos, porque durante cinco dias as empresas estarão apresentando inovações tecnológicas para técnicos produtores e demais interessados no setor”, frisa.

Mais de 30 novas empresas vão expor esse ano, a exemplo das empresas Aminoagro, com escritório de representação em Palmas e que vende fertilizantes folliares para todo o Brasil, e a empresa Vence Tudo, que comercializa plantadeiras e plataformas para colheitas.

Estreia

Essa é a segunda vez que a Vence Tudo participa da Feira. O representante Luciano Marks diz que a empresa aposta no setor porque mesmo nos momentos mais difíceis, como aconteceu esse ano com as adversidades do clima, a agricultura continua, os produtores vão continuar plantando. “A Agrotins é um fomento para o agronegócio, uma excelente oportunidade para dar visibilidade às empresas e uma grande chance de fazer negócios”, afirma.

Já a Aminoagro vai expor pela primeira vez na Agrotins. Para o gerente regional de Palmas, João Paulo Frez, o Tocantins já é uma das principais fronteiras agrícolas e apesar dos problemas climáticos, ocorridos esse ano, a expansão da agricultura acontece no Tocantins. “O foco da nossa empresa está no crescimento e acreditamos que a Agrotins será nossa porta de entrada para ser mais conhecido e conquistar mais clientes”, aposta. Esse ano a empresa pretende levar para a Feira o maior pé de soja do mundo, produzido com fertilizantes da empresa e está registrado no Guinness Book. Além disso, apresentam também o “Projeto semente de verdade” e palestras e treinamentos.

Fernando Garcia diz que essa participação cada vez maior de novas empresas confirma a importância da Agrotins para o desenvolvimento econômico do Estado. “É cada vez maior a participação de empresas de outros estados na Agrotins, e que instalam escritórios de representação no estado, o que significa que os empresários estão confiantes no crescimento da agricultura no Tocantins”, argumenta.

No início eram apenas revendas e concessionárias, hoje são empresas e fabricantes. “Isso traz para a Agrotins uma evolução muito grande, modernidade e diversificação de equipamentos e lançamentos de novas tecnologias que visam atender a produção rural, o que faz com que o visitante encontre na Agrotins o que veria nos melhores eventos nacionais”, afirma.

Agrotins

A Agrotins é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e suas instituições vinculadas: Instituo do Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e Instituto de Terras do Tocantins (Itertins), em parceria com instituições públicas, iniciativa privada e entidades de classe ligadas ao setor agropecuário. Mais informações sobre a Feira no site www.agrotins.to.gov.br

Por: Redação

Tags: Agrotins, Fernando Garcia, Luciano Marks, campo