Saúde

O Ministério Público Estadual, por meio da 6ª Promotoria de Justiça de Gurupi, expediu nessa quarta-feira, 20, recomendação ao secretário Estadual de Saúde, Marcos Esner Musafir, no sentido de regularizar o atendimento no Hospital Regional de Gurupi (HRG). As orientações são fruto de procedimento preparatório que investiga a paralisação dos serviços laboratoriais clínicos para realização de exames e dos serviços de produção e distribuição de alimentação hospitalar, sob a alegação de falta de pagamento pelo Estado do Tocantins.

O promotor de Justiça Marcelo Lima Nunes, autor da recomendação, orienta o gestor estadual para que busque, imediatamente, entendimento com o responsável pelo Laboratório Hemolab, visando restabelecer os serviços laboratoriais clínicos para realização de exames, e também com a empresa Litucera, a fim de regularizar o fornecimento de alimentação hospitalar.

Também foi recomentado que sejam adotadas providências para dar continuidade ao atendimento dos pacientes do SUS, em relação à realização de exames e ao fornecimento de alimentação.

O secretário tem um prazo de 48 horas para encaminhar resposta por escrito ao Ministério Público Estadual, informando sobre o cumprimento da Recomendação Administrativa, sob pena de serem adotadas as providências extrajudiciais e judiciais pertinentes.