Economia

Foto: Olga Cavalcante

A jornada de palestras versando sobre Educação para o Consumo Consciente e Direitos do Consumidor prossegue de forma abrangente em todos os núcleos do Procon Estadual, já tendo atingido em torno de mil pessoas nestes dois primeiros meses. Fechando abril, os alunos do ensino fundamental da escola estadual Frederico José Pedreira, da Capital, participam hoje e amanhã da exposição promovida pelo órgão.

Também em Palmas, os acadêmicos da Universidade da Maturidade (UMA), programa de extensão da Universidade Federal do Tocantins (UFT), receberam orientações sobre os direitos do consumidor idoso, com a participação de alunos do curso de Direito da Faculdade Serra do Carmo (Fasec). O encontro aconteceu no auditório da UMA, semana passada e, de acordo com o vice-coordenador do Programa, professor Luiz Sinésio Neto, “permitiu a conscientização dos acadêmicos da terceira idade sobre seus direitos como consumidores e como alcançá-los”.

As escolas Adventista e Ulbra, unidade da avenida JK, e a escola estadual Maria dos Reis, no setor Taquari já receberam a ação, que também foi levada aos jovens aprendizes na faixa etária de 14 a 18 anosda Rede Nacional de Aprendizagem Promoção Social e Integração (Renaps), na Universidade Católica. Em Gurupi, este mês, o núcleo regional deu palestra na escola Presbiteriana.

“O consumo faz parte da vida de todos e a educação para o consumo consciente é necessária para formarmos cidadãos mais críticos, aptos a analisar seus atos, suas escolhas e decisões”, afirma José Santana Júnior, gerente de Educação para o Consumo da Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon Tocantins).

Esta plataforma é diretriz da Superintendência Estadual de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon Tocantins),vinculada à Secretaria de Cidadania e Justiça, considerado pelo superintendente Nelito Vieira Cavalcante como "parâmetro desta gestão", para ser executada durante todo o ano nos dez núcleos regionais do Estado. Nelito fez a abertura da palestra para os jovens aprendizes, na Católica.

Os palestrantes Dayse Maciel (economista), Liliane Borges (advogada e professora de Direito do Consumidor) e José Santana Junior (advogado) são servidores do órgão. Durante a palestra, dividida em três momentos, levam conhecimentos básicos para as crianças, jovens e adultos de escolas e instituições públicas e privadas. São abordados o Código de Defesa do Consumidor (CDC), as atribuições do Procon e o passo a passo para fazer uma reclamação bem como a necessidade do consumo consciente.

Por: Redação

Tags: José Santana Júnior, Procon