Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma operação policial da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc), deflagrada no início da tarde desse domingo, 1º, em Palmas, resultou na prisão de três suspeitos por tráfico de drogas, bem como na apreensão de um quilo de cocaína, uma arma de fabricação artesanal, calibre 22 e munições do mesmo calibre.

Conforme o delegado Guilherme Rocha, que coordenou a operação, a ação teve início às 10 horas, quando os agentes da Denarc abordaram, às margens da TO 050, saída para Porto Nacional, um menor de idade, o qual era suspeito de comercializar drogas. Apesar de não estar portando nenhum material entorpecente, o adolescente levou os policiais civis até o local, onde se encontravam Douglas dos S. R., de 27 anos e Gabriel R. da S., de 19 anos, ambos ocupavam um veículo que foi abordado e, após uma rápida vistoria, foi encontrado em seu interior, pequenas porções de maconha e crack.

Os dois indivíduos foram presos em flagrante e autuados pelos crimes de tráfico de associação para o tráfico de drogas. Logo após, os policiais civis foram até a residência de Gabriel, localizada no Jardim Aureny IV, mas no local só encontraram produtos de procedência ilícita, e nenhum entorpecente. Gabriel disse aos agentes que a drogas estaria escondida na casa de dois adolescentes.

Com base nessa informação, os policiais foram até a outra residência, ainda no Jardim Aureny IV, onde localizaram os dois adolescentes infratores de 15 e 17 anos de idade. Na casa, os agentes encontraram aproximadamente 1kg de cocaína, porções de maconha e crack, além de vários objetos provenientes de furtos e roubos, além de uma arma artesanal e munição. No momento em que os policiais ainda se encontravam na casa, chegou ao local, Sidney R. da S., de 27 anos, o qual trazia consigo várias porções de drogas. Ele foi abordado e preso também suspeito pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico.

O delegado esclareceu que os suspeitos já estavam sendo monitorados pelos investigadores da Denarc há algum tempo. “Nesse domingo obtivemos informações de que os suspeitos estariam com uma quantidade considerável de drogas no imóvel e, dessa maneira, nos dirigimos até os locais específicos, onde apreendemos cocaína, crack, maconha uma arma de fogo munições, dois menores infratores e realizamos a prisão dos três maiores de idade, que irão responder pelo crime de tráfico de drogas”, pontuou.

Após os procedimentos cabíveis, Gabriel, Sidney e Douglas foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. Já os dois adolescentes foram autuados por ato infracional análogo ao tráfico de drogas e, recolhidos ao Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), em Palmas. Segundo o delegado Guilherme Rocha, a ação é resultado do planejamento estratégico do atual modelo de gestão da Polícia Civil do Tocantins. “Estamos realizando, continuadamente, ações de combate ao tráfico de drogas em todo Estado, a fim de prender aqueles que se valem desse expediente criminoso para auferir lucro e disseminar substâncias entorpecentes na sociedade, afetando principalmente jovens. Dessa maneira, os esforços da Denarc estão concentrados em ações como as de hoje para que o cidadão tocantinense possa ter mais segurança, uma vez que o tráfico de drogas gera outros crimes, tais como roubos e furtos”, frisou.