Campo

Foto: Elizeu Oliveira

O governador Marcelo Miranda dedicou a manhã desta quinta-feira, 5, para visitas aos expositores da agricultura familiar da 16ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins) que, este ano, tem como tema Tecnologia a favor do homem e da natureza. No pavilhão, ele visitou os estandes de produtos dos pequenos produtores, o artesanato de várias localidades, inclusive de indígenas das etnias Krahô e Xerente.

Marcelo Miranda disse que o segmento da agricultura familiar merece uma atenção especial do Governo, para que tenham condições de crescer, proporcionar renda e qualidade de vida para as famílias e, automaticamente, o desenvolvimento da agricultura e da economia de todo o Tocantins. “Desde a sua criação, os pequenos produtores mereceram uma atenção diferenciada e o que nós estamos vivenciando, hoje, é a felicidade das pessoas em poderem estar, aqui, expondo a sua produção”, comentou o governador.

Mais uma vez, o governador destacou que, apesar das incertezas que passa o País, em visita aos expositores da Agrotins, foi possível dimensionar certo otimismo em relação ao evento. “Os setores produtivos, aliados às novas tecnologias e às empresas de pesquisas, vão dar a resposta e melhorar ainda mais os nossos índices no setor do agronegócio”, assegurou.

Sustentabilidade

Acompanhado do presidente do Ruraltins, Pedro Dias, e do secretário de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros, o governador visitou o Espaço Ecológico, onde conheceu algumas práticas ecológicas desenvolvidas por técnicos do Ruraltins, que visam à produção de alimentos agropecuários saudáveis e naturais. Destaque para a produção de defensivos alternativos que geram economia e colaboram para o equilíbrio da natureza evitando a contaminação das plantas, fontes de água, animais e pessoas.

No local, Marcelo Miranda também conheceu a produção de melancia, pepino e abóboras tutoradas (suspensas), técnica que facilita o manejo e aproveita melhor os espaços, além de melhorar a qualidade do produto, já que o fruto não fica em contato com a terra. Outra novidade foi a variedade de arroz “terras altas”, desenvolvida para a região, com uma produtividade de até 4.200 quilos por hectare. 

A Feira

A Agrotins teve início na terça-feira, 3,  e segue até este sábado, 7. A Feira conta com mais de 550 expositores e a expectativa é receber aproximadamente 100 mil pessoas, durante os cinco dias de evento.

No local, podem ser conferidos os lançamentos de máquinas, insumos e serviços agrícolas, agroenergias, propriedades rurais e novidades para a pecuária. Também estão sendo apresentadas as tendências inovadoras para o agronegócio nas áreas da construção civil, concessionárias de veículos, associações e cooperativas, instituições bancárias, órgãos públicos da esfera federal, estadual e municipal, entre outros ligados ao setor agropecuário.

Durante os cinco dias de feira, estão tendo palestras, fóruns, seminários e clínicas tecnológicas, e ainda as unidades de campos e roteiros nas vitrines tecnológicas, dinâmicas para mostrar o funcionamento de máquinas agrícolas e melhor forma de plantio.