Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD) critica a nova taxa de inspeção veicular ambiental que os tocantinenses terão que pagar. Para o parlamentar, que votou contra o pacote de impostos, batizado pelos tocantinenses como “pacotaço de impostos”, é lamentável a cobrança de mais uma taxa com o valor desproporcional com a realidade do Estado e com a atual situação atípica que o Tocantins vive.

Segundo Wanderlei, quando o governo impôs o pacote de impostos, era com a justificativa de equilibrar as contas públicas e melhorar a segurança pública, educação e saúde do Estado, no entanto, os serviços públicos estão sendo deteriorados a cada dia. “Essa casa se desgastou muito com a opinião púbica quando essa casa votou a favor do pacote,” lembrou o parlamentar. O deputado pede a revisão da cobrança da taxa veicular.

Entenda

O Programa de Inspeção e Manutenção de Veículos em Uso (I/M), definido no Estado do Tocantins, culminou para que os proprietários de veículo paguem mais uma taxa para execução inspeção.

A medida imposta pelo atual Governo do Estado do Tocantins passou a valer desde a última segunda-feira 02, e os proprietários de veículos terão que pagar pela inspeção uma taxa que varia entre R$ 142,62 e R$ 237,70, dependendo do modelo do veículo.