Polí­tica

Foto: Divulgação

O PSDC de Palmas declarou oficialmente apoio à pré-candidatura à Prefeitura de Palmas pelo Partido Verde da vice-governadora Cláudia Lelis. A reunião do partido aconteceu nesta última terça-feira, 10, em evento bastante prestigiado no auditório da Assembleia Legislativa do Tocantins.

O presidente regional do PSDC, Max Fleury, fez questão de frisar na ocasião que a escolha do partido por Cláudia Lelis é resultado de uma comunhão de ideias, cujo objetivo é construir um plano de governo com a participação efetiva da população, além de preparar uma futura gestão que respeite de fato os palmenses. “Hoje é um dia histórico para o PSDC. Estamos aqui porque acreditamos nesse projeto e temos certeza que Cláudia Lelis fará o melhor para Palmas”, disse Fleury.

Para o presidente metropolitano do PSDC, Gilvan Lino, comemorou a aliança entre PV e PSDC, dizendo que essa parceria é pelo bem do povo de Palmas.

Seriedade

No seu pronunciamento, Cláudia Lelis mostrou-se impressionada com a seriedade com a qual o PSDC tratou desde o início essa parceria com o PV. “Essa aliança foi firmada usando a prática da boa política, que serve como instrumento transformador na vida das pessoas e nós estamos muito felizes com esse passo dado hoje para a nossa caminhada agora com o PSDC. Juntos com, o PV, PMB, PRTB e agora o PSDC, construímos uma plataforma forte para seguir nossa caminhada por uma Palmas mais humana, que trate com respeito e dignidade cada mulher e homem dessa cidade”, pontuou Cláudia Lelis.

A pré-candidata pelo PV à Prefeitura de Palmas também destacou as mulheres que abraçaram o seu projeto, como a subsecretária de Estado da Educação, Morgana Nunes Tavares Gomes, que assinou na ocasião a ficha de filiação ao PSDC. “O que vemos hoje aqui é a formação de uma chapa forte e que veio para vencer e fazer a real diferença para a vida da nossa população”, disse, citando todos os partidos desta aliança: PV PRTB, PMB e PSDC.

Resgate

Cláudia Lelis voltou a falar da atual desesperança dos palmenses que chegaram à nova Capital em busca de oportunidade. “O que o PV propõe hoje é o caminho do resgate da autoestima, do respeito ao cidadão, do diálogo e do espírito de construção, de que essa cidade é nossa e que deve ser construída a várias mãos”, disse ao observar que Palmas hoje é uma “cidade cara, desumana e que tem uma gestão municipal que não dialoga com a população”. Claudia Lelis disse que junto com a força do PSDC mostrará que é possível fazer a obra física e administrar a cidade ao mesmo tempo em que cuida das pessoas.

O evento contou com a presença dos presidentes regional e metropolitano do PV, Marcelo Lelis e Deocleciano Gomes, respectivamente; do presidente metropolitano do PSDC, Gilvan Lino, e seu coordenador geral, Elmir José Alves, o Irmão Elmir; da presidente regional do PMB, Meire Carrera, também secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado; do presidente estadual do PRTB, Júlio Fidélix; o ex-deputado Manoel Queiroz, o ex-vereador Joaquim Rocha e pré-candidatos a vereador dos partidos da base aliada e de pré-candidatos a prefeito em cidades do interior pelo PV.