Estado

Foto: Divulgação

Na manhã dessa sexta-feira (13), a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargadora Ângela Prudente, juntamente do diretor-geral, Flávio Leali, reuniram-se com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, e dos  demais Tribunais com o objetivo de tratar de assuntos do processo eleitoral e das eleições que serão realizadas no próximo dia 2 de outubro.

O ministro Gilmar Mendes apresentou os novos dirigentes do TSE, como o secretário-geral da Presidência, Luciano Fuck, e o diretor-geral, Maurício Caldas. Segundo ele, esse primeiro contato servirá para construir pontes e estabelecer uma relação franca e aberta no projeto de maior integração da Justiça Eleitoral.

“Não teremos dificuldades de ordem burocrática na relação entre TSE e TREs. Vamos trabalhar com espírito de cooperação para manter o elevado prestígio que a Justiça Eleitoral conquistou perante a sociedade”, destacou o presidente.

Orçamento

Diversos integrantes dos TREs manifestaram preocupação com os cortes no orçamento que poderiam comprometer a realização das eleições municipais. Sobre essa questão, o ministro Gilmar Mendes destacou que já está em contato com o ministro do Planejamento, Romero Jucá, e que o diálogo com o Poder Executivo será no sentido de garantir o orçamento para a realização das eleições sem maiores percalços. “Essa questão está devidamente encaminhada”, garantiu.

O ministro Gilmar Mendes anunciou que, ainda no mês de maio, haverá reunião do diretor-geral do TSE com os diretores dos TREs para alinhar as estratégias e, a partir de então, as equipes poderão ter um contato mais próximo.

“Quero que os senhores percebam que nós queremos primar pelo diálogo, e as portas estarão abertas para a relação com os TREs”, afirmou, ao destacar que essa será a postura não só da Presidência, mas também de todas as áreas do TSE. “Teremos uma agenda institucional para tratar de todas essas questões”, disse.

Segundo o ministro Gilmar Mendes, essa integração será necessária para atingir o propósito de “cumprir bem a função que a Justiça Eleitoral desempenha e manter o elevado prestígio que tem com a sociedade brasileira, conquistado a partir da criação da urna eletrônica e da divulgação rápida do resultado das eleições”. “Isso nos obriga a continuar o esforço no sentido de seu aprimoramento. Com o sucesso da biometria, por exemplo, nós vamos aumentando o nível de credibilidade e esse processo deve ser sempre contínuo e aperfeiçoado”, enfatizou.

TREs

O desembargador Mário Ferraz, presidente do TRE de São Paulo, afirmou que o encontro foi muito exitoso e que as expectativas são as melhores possíveis. “O ministro Gilmar Mendes é conhecido por ser bastante atuante, preocupado com o processo eleitoral, e a expectativa é de muito trabalho, muita dedicação e muito entrosamento entre os tribunais”, afirmou.

Ângela Prudente, presidente do TRE do Tocantins, destacou que foi uma ótima oportunidade de todos os presidentes trazerem suas preocupações e tratarem diretamente com o presidente do TSE sobre as questões que estão sendo desenvolvidas em cada regional. “Já estamos nos preparando para as próximas eleições e a expectativa é sempre positiva porque, apesar de muito trabalho, buscamos sempre a eficiência e a legitimidade do processo eleitoral”, disse.

O ministro Gilmar Mendes tomou posse na noite desta quinta-feira (12) e permanecerá no cargo até fevereiro de 2018. O vice-presidente do TSE é o ministro Luiz Fux.