Palmas

Foto: Clayton Cristus

Em atendimento ao requerimento da deputada Valderez Castelo Branco (PP), a Assembleia Legislativa do Tocantins realizou na manhã desta quinta-feira, 19, uma sessão solene em comemoração ao aniversário de Palmas, que completa 27 anos nesta sexta-feira, 20.  A solenidade foi marcada por homenagens e contou com a apresentação da Orquestra Sânfonica Graciosa da Capital.

Foram homenageados a desembargadora Ângela Prudente, o pastor Hermes Vieira Neto, a ex-vereadora Mariza Sales, Anizio Moura, João Alves de Oliveira (in memorian), representado por sua filha, Maria do Socorro de Morais, Maria de Lourdes Abreu, o vereador Milton Neres Santana, o arcebispo da Arquidiocese de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães e o presidente do Sistema Fieto, o empresário Roberto Magno Martins Pires.

Os homenageados foram indicados, respectivamente, pelos parlamentares Luana Ribeiro (PDT), Eli Borges (PROS), Eduardo Siqueira Campos (DEM), Wanderlei Barbosa (SD), Cleiton Cardoso (PSL), Valdemar Júnior (PMDB) e Valderez Castelo Branco.

Participaram da sessão solene a vice-governadora, Claudia Lelis, presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ronaldo Eurípedes,  defensor público-geral, Marlon Costa Luiz Amorim, secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Integração Social e Defesa do Consumido, Adir Cardoso Gentil, que representou o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, e o vereador João Campos que representou o presidente da Câmara Municipal de Palmas, vereador Rogério Freitas.

Palmas foi fundada em 20 de maio de 1989, logo após a criação do Tocantins pela Constituição de 1988 e foi planejada pelos arquitetos Luiz Fernado Cruvinel Teixeira e Walfredo Antunes de Oliveira. É a última Capital planejada do século XX, possui uma arquitetura arrojada, com avenidas largas, dotadas de completo trabalho paisagístico e divisão urbanística caracterizada por grandes quadras comerciais e residenciais. A população estimada é de 257.904 habitantes.

Por: Redação

Tags: