Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Paulo Mourão (PT) apresentou requerimento na sessão da manhã desta quarta-feira, dia 25, cobrando ações do Governo do Estado para obter informações sobre a inoperância e paralisação da Ferrovia Norte-Sul, no trecho entre Anápolis-GO e Palmas-TO. “Foram 25 anos de construção, hoje após concluída se encontra paralisada, com várias denúncias de irregularidades que marcaram sua construção”, apontou.

O deputado justificou que a Ferrovia Norte-Sul constitui-se num importante projeto de integração econômica pois irá dinamizar toda uma rede de logística nacional, facilitando o escoamento da produção e permitindo agilidade na exportação de produtos brasileiros para os demais países, com redução de custos do transporte de mercadorias. “A Ferrovia Norte-Sul compõe o modal ferroviário que dá sustentação econômica do estado e precisa fazer parte integrante do processo de geração de emprego e renda do Tocantins”, reforçou.

Paulo Mourão também sugeriu ao presidente da Assembleia, Osires Damaso, que seja feita uma audiência pública para discutir o assunto, em parceria com o governo do estado, onde seriam convidados a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Fieto, Sebrae, Fecomércio, Valec, VLI, ANTTMinistério dos Transportes, Delegacia Federal a Agricultura, DNPM/MME, Embrapa, Ibama, Naturatins, Granol, prefeituras municipais de Palmas e Porto Nacional, UFT, Unitins, Ulbra, Facto e demais órgãos competentes interessados. “O que está faltando é ação governamental, o que está faltando é cobrança por parte do setor produtivo e creio que esta casa pode contribuir nesse processo”, afirmou. O deputado Osires Damaso parabenizou Mourão pela propositura e colocou a Casa à disposição para o debate.

O requerimento foi aprovado em regime de urgência, nas sessões da manhã e da tarde desta quarta-feira, em primeira e segunda votações, e subscrito pelos deputados Toinho Andrade, Eduardo Siqueira Campos, Elenil da Penha, Osires Damaso, Valderez Castelo Branco e Vilmar do Detran.