Estado

Foto: Divulgação

Passageiros da linha de Palmas a Rio Sono reclamam que não puderam seguir viagem nessa quinta-feira, dia 26, àquela cidade do interior, distante cerca de 150 km da Capital, por problemas no ônibus da Tocantins Transporte e Turismo Ltda. Segundo alguns passageiros, o veículo deu defeito próximo a Palmas e, impossibilitados de seguir viagem, tiveram suas reclamações ignoradas pela empresa responsável, que não viabilizou outro meio de transporte mesmo tendo à sua disposição vários ônibus e micro-ônibus na garagem.

Passageiros como o pequeno agricultor Antônio Luiz Lopes, presidente de uma associação de trabalhadores rurais de Rio Sono, garantem que várias tentativas foram feitas com vistas à resolução do problema, mas não obtiveram acordo. Ele contou que estava organizando uma comemoração pela chegada de um programa para a sua região, e teria de chegar ontem ao município para viabilizar parte da estrutura do evento, que não poderia mais ser adiado.

Outros passageiros alegam que tinham familiares à espera e, enquanto o ônibus não chegasse, ficariam no mato noite adentro devido à impossibilidade de informá-los sobre o ocorrido. Os usuários relatam que há mais ou menos cinco anos a empresa entrou numa disputa contra a então titular da linha até conseguir o direito de operar na rota. Contam ainda que dois meses atrás a linha ficou paralisada por cerca de 30 dias, sob a alegação da empresa de que trechos da estrada apresentavam má qualidade.

Segundo alguns passageiros, o gerente da empresa afirmou que as condições da estrada inviabilizavam a chegada de outro veículo, uma vez que só aquele ônibus teria condições de rodar na via. Versão contestada, pois seus clientes dizem que, à época da disputa pela linha, a estrada era igual ou pior e, mesmo assim, relutaram até conseguir o direito ao serviço.

Há ainda a informação de que por várias vezes a empresa já havia colocado na estrada seus micro-ônibus, alegando hoje que sua frota não consegue mais transitar na via. Os passageiros mencionam que o guichê de venda dos bilhetes localizado no Terminal Rodoviário de Palmas devolveu o dinheiro das passagens, a empresa hospedou um passageiro em hotel e levou outros para a casa dos familiares deles. A linha sentido Palmas Rio Sono sai da Capital às 16 horas e no sentido contrário às 6 horas da manhã. Foi informado que de Rio Sono para Palmas tinham algumas pessoas esperando o transporte, mas não tiveram como seguir viagem.

Por: Redação

Tags: Antônio Luiz Lopes, Rio Sono