Economia

Foto: Divulgação Empresário da Tucunaré Turismo e Transporte recebe orientação de especialistas do Sebrae Empresário da Tucunaré Turismo e Transporte recebe orientação de especialistas do Sebrae

Com o objetivo de contribuir para que os pequenos negócios tocantinenses driblem a atual crise econômica, o Sebrae implantou o Programa “No Rumo”. Já são 74 empresários, donos de pequenos negócios em Palmas, que bateram o martelo e aderiram aos trabalhos. O piloto está sendo executado em Palmas, já foi lançado em Araguaína e em breve estará em Gurupi.

“Queremos estar junto neste momento de dificuldades, queremos conhecer o nosso cliente, vivenciar o seu dia a dia, e ter uma visão do todo da empresa. Esta é a hora de dizer a todos que podem contar com o Sebrae, porque estamos sempre ao lado dos pequenos negócios”, afirmou o superintendente do Sebrae Tocantins, Omar Hennemann.

O “No Rumo” é uma estratégia de atendimento que leva o Sebrae até o empresário para a realização de um diagnóstico gratuito, buscando descobrir junto com ele quais são os principais gargalos que existem na empresa. Além disso, diagnosticar quais as verdadeiras deficiências, indicando as soluções que vão contribuir diretamente para superar aquelas dificuldades e resolver os problemas que massacram o empresário e está freando o progresso da empresa.

O início do atendimento neste programa acontece no Seminário “Como Driblar a Crise”, que está sendo realizado pelo Sebrae em parceria com os bancos do Brasil, da Amazônia e Caixa Econômica Federal, em todo Estado. No evento, o empresário manifesta que deseja receber uma visita do Sebrae e na sequência especialistas  em pequenos negócios da instituição vão até a empresa. A partir da primeira visita é elaborado um diagnóstico gratuito para que o empresário possa aplica-lo. Após esse processo, o Sebrae apresenta uma proposta de solução, como palestras, cursos e consultorias, que vão ajudar o empresário a alavancar o seu negócio.

“O “No Rumo” oferece ao empresário não o que ele quer, mas o que ele realmente precisa para superar as dificuldades e fazer sua empresa crescer e se desenvolver. O Sebrae nasceu para cumprir essa missão: Contribuir para o desenvolvimento dos pequenos negócios e estar sempre ao lado dos empresários em todos os momentos”, pontuou Hennemann.

Resultado

Para o empresário Jairo Santos, dono da Tucunaré Turismo e Transporte, a primeira visita já rendeu resultados. “Foi imediato. Logo pude perceber o resultado positivo, porque consegui ter uma visão geral da minha empresa e identificar os pontos fortes e fracos. E já estamos trabalhando neles”, avaliou Santos. De acordo com o empresário, as consultorias estão acontecendo nas áreas financeiras e atendimento ao cliente. “Tenho absoluta certeza que o resultado será positivo. Aliás, já está sendo”, afirmou Santos.

Assim como ele, a empresária Irene Santos, da Isnoe Cabelereiros, vê a entrada no Programa “No Rumo” como uma ajuda significativa para sua empresa. “Tenho certeza que me trará bons resultados. Tive a oportunidade de aprender muita coisa já na primeira visita. São pequenas mudanças que farão uma grande diferença”, disse ela, citando as áreas financeira e visual da empresa que estão recebendo consultoria do Sebrae.

Por: Redação

Tags: Omar Hennemann, Sebrae