Polí­cia

Foto: Divulgação

Desde o início deste mês de junho, a Delegacia Virtual do Tocantins passou a receber registros de acidentes de trânsito sem vitimas e lesões. Para registrar o Boletim de Ocorrência, através do link no site da Secretaria da Segurança Pública (SSP), é necessário ser maior de 18 anos de idade.

Segundo o delegado geral de polícia civil, Claudemir Ferreira, esse tipo de ocorrência é conhecida também como acidente com dano material. “O acidente de trânsito sem vítima é caracterizado somente com danos materiais, ou seja, sem que um dos envolvidos no fato tenha se machucado ou falecido em decorrência do acidente”, afirma.

A delegacia Virtual voltou a funcionar no Tocantins em setembro de 2015, e, desde então, foram registrados quase seis mil boletins de ocorrência. De acordo com o chefe do Núcleo de Gestão de Sistemas e Informações de Procedimentos Policiais Civis, Ariosvandre Tavares, responsável por coordenar o serviço, o sistema registra uma média de 600 ocorrências por mês. 

“O serviço facilita tanto o lado do cidadão, que não precisa se deslocar até uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência, como para o atendimento policial, que terá mais agilidade para atender as denúncias registradas, já que diminui o número de pessoas que procuram a delegacia para ser atendidas”, comenta Tavares.

Além dos registros de acidentes de transito, na delegacia virtual é possível registrar ocorrências de furto ou perda de documentos e objetos pessoais, denuncias anônimas de violência contra o cidadão, desaparecimento de pessoas, além de oferecer a relação de pessoas desaparecidas no estado. 

Desenvolvimento da Delegacia Virtual

O sistema da Delegacia Virtual foi desenvolvido pela equipe de profissionais da Gerência de Sistemas de Segurança, vinculado a Diretoria de Informática e Telecomunicações da SSP, sob coordenação do gerente Heverton de Melo.

De acordo com Heverton, toda equipe da gerencia de Sistemas de Segurança se empenharam para desenvolver o módulo de acidente de trânsito na delegacia virtual. “Conseguimos desenvolver com eficiência este trabalho, e o resultado é mais uma ferramenta para auxiliar a polícia civil e facilitar a vida dos cidadãos”, afirma o gerente.