Estado

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (Sisepe/TO), convocou os servidores públicos e empregados públicos estaduais para participarem de uma assembleia geral extraordinária a ser realizada no dia 11 de junho, no auditório da Assembleia Legislativa do Tocantins. Entre as pautas de discussão, está a mobilização, paralisação e greve da categoria coordenada pelo Movimento de União dos Servidores Públicos Civis e Militares do Tocantins (MUSME/TO). 

A data da Assembleia coincide com o dia em que a Tocha Olímpica chegará em Palmas. A convocação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta última quinta-feira, 2 de junho. Nas pautas também está a negociação da Data Base e participação do Sisepe no Movimento Musme. A Convocação é assinada pelo presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro. 

Com a presença de 41 entidades classistas dos servidores públicos, o Musme foi lançado na terça-feira, 25 de maio e nasceu com o objetivo de unir as diversas categorias profissionais de servidores públicos estaduais em prol de garantir o cumprimento de todos os direitos da categoria. 

Governo do Estado 

O Governo do Estado informou ao Conexão Tocantins que o Grupo Gestor recebeu das entidades classistas dos servidores civis e militares do Tocantins na segunda-feira, 30 de maio, uma contraproposta em relação às negociações sobre o pagamento de benefícios ao funcionalismo público estadual. De acordo com o Governo do Estado, a proposta será analisada pelo Grupo Gestor e, assim que houver um posicionamento do governo, será agendada uma nova reunião. 

Segundo o Governo do Estado, a próxima reunião para discussão das concessões dos pagamentos será agendada, pelo Governo do Estado, ainda na primeira quinzena do mês de junho. (Matéria atualizada às 11h32min) 

Por: Redação

Tags: Cleiton Pinheiro, Musme, Sisepe