Meio Ambiente

Foto: Hermísio Aires

Em razão do período de estiagem torna-se fundamental cuidados específicos com o meio ambiente. Como parte de ações preventivas uma equipe técnica do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins (MNAFTO) juntamente com a brigada de prevenção e combate a incêndios florestais da Unidade de Conservação (UC), participaram no último dia 19, de uma visita técnica ao Parque Nacional Chapada das Mesas em Carolina, Maranhão.

A visita foi promovida pelo Projeto Cerrado - Jalapão e teve como objetivo a troca de informações entre as equipes técnicas e as brigadas de ambas as UC’s, quando também foram observados o desenvolvimento de ações como o Manejo Integrado do Fogo (MIF) naquela unidade federal.

O trabalho favoreceu iniciativas como a identificação de áreas sensíveis, a biomassa/combustível, como são realizadas as queimas prescritas no bioma cerrado, o comportamento do fogo manejado e o impacto visual dessas ações para a flora.

De acordo com o supervisor do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins (MNAFTO), Hermísio Aires, anteriormente essa modalidade de visita era realizada pela gestão da Unidade, que repassava as orientações à equipe. Mas desta vez treinamento beneficiou um número maior de participantes. Além do supervisor da UC, participaram dessa experiência sete brigadistas, além de mais dois guarda-parques.

“Esse dia de campo, foi uma troca de experiências e também um momento de interação. Não poderíamos deixar de comparecer, visto que a Unidade maranhense é vizinha do Tocantins, basta atravessar o Rio Tocantins e percorrer um trecho de cerca de 50 quilômetros até chegar ao Parque Nacional Chapada das Mesas”, destacou.