Educação

Foto: Elias Oliveira

Os alunos de escolas estaduais do Tocantins terão, a partir desta quarta-feira, 29, mais uma oportunidade de se prepararem para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O curso preparatório é fruto de parceria entre a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e a Universidade Federal do Tocantins (UFT). Inicialmente, serão atendidos 132 estudantes de unidades escolares da capital. 

O objetivo do programa é auxiliar os educandos de baixa renda a se prepararem para a avaliação que é a porta de acesso à universidade. Cerca de 20 acadêmicos de diferentes cursos irão ministrar as aulas aos estudantes do ensino médio, ofertadas por meio do Programa de Acesso Democrático à Universidade (Padu), na plataforma digital da UFT.  Como contrapartida, o Governo do Estado destinou R$ 140 mil em recursos, além de apoio pedagógico.

Os primeiros beneficiados serão os alunos do Centro de Ensino Médio (CEM) Castro Alves e da Escola Estadual Novo Horizonte.  “As aulas terão início a partir das 19h desta quinta-feira e serão ministradas de segunda a sexta-feira. No dia 31 de agosto será realizada uma aula magna, reunindo os alunos das duas escolas, com a presença de representantes da Educação e da UFT”, relata Júlio César da Rocha, gerente de Programas Educacionais da Seduc.

Padu

O Programa de Acesso Democrático à Universidade (Padu) é um preparatório para o Enem criado em 2010 pela Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários – Proex, da Universidade Federal do Tocantins (UFT). A proposta se baseia no princípio da responsabilidade social e na preocupação com a igualdade de acesso à universidade.