Polí­cia

Foto: Divulgação

Na tarde dessa terça-feira, 05, a Polícia Militar fechou uma oficina de fabricação clandestina e manutenção de armas de fogo que funcionava nos fundos de uma residência no Setor Carmelita em Araguanã. A dona da residência e esposa do acusado pelo crime estava no local e foi conduzida à Delegacia. Um rifle CBC calibre 22, uma carabina calibre 38, uma espingarda calibre 36, duas armas de fogo tipo bate bucha, além de diversos materiais utilizados para fabricação de armas de fogo foram apreendidos pela PM.

Uma equipe da PM realizava patrulhamento na Rua 09, no Setor Carmelita, quando foi informada que nos fundos de uma residência havia uma fábrica de arma de fogo. Algumas testemunhas disseram aos policiais que o acusado, que residia no lugar, consertava armas de fogo. A equipe realizou buscas na residência e constatou que na verdade o local funcionava como uma oficina para a produção de armas de fogo artesanais, o que configura crime de acordo com o artigo 17 da Lei 10.826 (Estatuto do Desarmamento).

O acusado pelo crime não foi encontrado no local, apenas sua companheira que foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos sobre o fato. Todo material encontrado também foi apreendido e encaminhado à Delegacia para os procedimentos legais.

Material encontrado pela PM na oficina clandestina:

Duas armas de fogo tipo bate bucha; um rifle CBC calibre 22; uma espingarda sem marca calibre 36; nove coronhas de madeira; cinco telhas de madeira; uma carabina calibre 38; cinco ferragens de espingarda de pressão; uma ferragem de carabina calibre 38; duas furadeiras portáteis; três lixadeiras portáteis; uma furadeira de bancada; um jogo de cossinetes e machos manuais; um balde plástico preto com várias molas, peças e ferramentas; cinco tigelas contendo varias munições deflagradas de diversos calibres; uma bandeja contendo varias ferramentas para fabricação de arma de fogo; quatro blocos de madeira supostamente para a fabricação de coronhas de armas de fogo; dois moldes para coronhas; uma bolsa tipo bornal de munição; uma de fogo tipo bate bucha; uma carabina de pressão calibre 4.5; uma caixa de cor preta contendo varias molas e ferramentas.

Por: Redação

Tags: Araguanã, Polícia, Polícia Militar