Polí­cia

Foto: Divulgação

Um dos grandes problemas enfrentados pela Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), no Tocantins, é o furto e a depredação constante das placas de sinalização vertical e dos marcos quilométricos ao longo das rodovias. Só neste ano foram furtadas e ou depredadas cerca de 30% do total de placas nas rodovias estaduais pavimentadas, que equivalem a mais de 6 mil placas. O Tocantins tem aproximadamente 20.820 placas de sinalização nos 6 mil km de rodovias pavimentadas. O ano passado foi registrado um percentual de 20%.

A maior incidência de furto e depredação das placas de sinalização nas estradas do Tocantins, ocorre nas rodovias sob a responsabilidade da Residência da Ageto em Araguaína. Lá, o percentual dos furtos sobe para 40%, cerca de dez por cento a mais que nas demais regiões do estado.

As placas, confeccionadas com material metálico e pintura refletiva são colocadas em pontos onde existe maior necessidade de sinalização para os usuários. Sinalização das rodovias estaduais é, aliás, um dos itens mais reclamados pelos motoristas que trafegam por elas.

Os casos mais rotineiros de vandalismo são de pichação, tiro ao alvo e queimadas ao longo das rodovias. Nessa época, com o clima seco, as queimadas destroem os suportes de madeira usados para sustentação das placas.

Segurança

A prática de furto ou destruição da sinalização pode causar acidentes, pois as placas têm a finalidade de contribuir para a segurança e o bom fluxo do trânsito. Com a ausência de sinalização, ciclistas, motociclistas e condutores de veículos ficam sem saber como proceder, po­dendo envolver-se em aciden­tes.

As placas advertem os motoristas sobre o perigo e limitam a velocidade nos trechos perigosos. Sem placa, o motorista fica desinformado e acaba desenvolvendo uma velocidade incompatível com o trecho perigoso.

A Ageto faz um alerta aos motoristas que trafegam pelas rodovias estaduais para que denunciem qualquer ato de furto ou vandalismo às placas de sinalização das estradas. Os usuários podem ligar para o Batalhão da Polícia Militar Rodoviário e Divisas na capital via 190.

Por: Redação

Tags: Ageto, Placas de Sinalização, Polícia