Educação

Foto: Gustavo Sá

Aproximadamente 100 professores estão participando do curso de Formação em Magistério Indígena do Estado do Tocantins, que está sendo realizado no Centro de Ensino Médio Indígena Xerente (Cemix), localizado na Aldeia Centro, no município de Tocantínia. O curso teve início no dia 4 de julho e segue até o dia 22. 

De acordo com a gerente de Educação Indígena da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Cleide Araújo Barbosa Macenas, o curso terá duração de 160 horas e corresponde a uma profissionalização em serviço. 

“O objetivo é promover a melhoria do processo educativo e o resgate da valorização da memória e da cultura dos povos indígenas tocantinenses”, frisou Cleide Araújo. Outro ponto abordado por Cleide é a importância da interculturalidade entre os sete povos indígenas, com a troca de experiências culturais e de valores. 

A formação visa garantir que mais professores indígenas possam assumir processos educativos, pedagógicos e administrativos de suas escolas; sistematizar os conhecimentos linguístico, cultural e sócio-histórico de cada grupo, além de garantir a aquisição de conhecimentos universais.