Economia

Foto: Divulgação

O Estado do Tocantins encerrou o primeiro semestre do ano com queda de 23,4% nos financiamentos de veículos, em relação ao mesmo período do ano anterior. Ao todo foram 15.371 veículos vendidos a crédito, entre autos leves, motos e pesados. Desse total, as unidades novas foram responsáveis por 9.452 das negociações, enquanto as usadas atingiram 5.919. 

O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG).

O volume de financiamento de motos novas superou as outras categorias ao somar 5.668 unidades vendidas a prazo no período. Além disso, os automóveis leves acumularam 8.859 unidades financiadas nos seis primeiros meses do ano, queda de 22,6% na comparação com 2015. 

A região Norte acumulou 136.293 financiamentos de veículos no primeiro semestre do ano, retração de 20,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Deste total, os automóveis leves foram responsáveis por 77.612 das operações. 

O total de veículos financiados no Brasil no primeiro semestre do ano somaram 2.258.655 unidades, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, queda de 16,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Desse total, foram vendidos a crédito 879.133 veículos novos e 1.379.522 usados. 

O SNG é uma base privada de abrangência nacional que reúne as informações sobre restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de concessão de crédito. Essa base é consultada e atualizada em tempo real pelas instituições financeiras.

Sobre a Cetip

A Cetip é a integradora do mercado financeiro. É uma companhia de capital aberto que oferece serviços de registro, central depositária, negociação e liquidação de ativos e títulos. Por meio de soluções de tecnologia e infraestrutura, proporciona liquidez, segurança e transparência para as operações financeiras, contribuindo para o desenvolvimento sustentável do mercado e da sociedade brasileira. A empresa é, também, a maior depositária de títulos privados de renda fixa da América Latina e a maior câmara de ativos privados do País.

Mais de 17 mil instituições utilizam os serviços da Cetip. Entre elas, fundos de investimento; bancos comerciais, múltiplos e de investimento; corretoras e distribuidoras; financeiras, consórcios, empresas de leasing e crédito imobiliário; cooperativas de crédito e investidores estrangeiros; e empresas não financeiras, como fundações, concessionárias de veículos e seguradoras. Milhões de pessoas físicas são beneficiadas todos os dias por produtos e serviços prestados pela companhia como processamento de TEDs e liquidação de DOCs, além de registro de CDBs e títulos de Renda Fixa, e serviço de entrega eletrônica das informações necessárias para o registro de contratos e anotações dos gravames pelos órgãos de trânsito.