Saúde

Foto: Luciana Barros

Depois do Hospital Geral de Palmas (HGP) e do Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR), em Palmas, receberem novos diretores gerais, foi a vez das unidades hospitalares de Augustinópolis e Araguaína passarem por mudanças. No Hospital Regional de Augustinópolis (HRA), quem assumiu a direção interinamente foi a administradora hospitalar Cristiane Costa Uchôa, que é servidora concursada e trabalha há oito anos na unidade.

Na ocasião, Cristiane disse que para alcançar os objetivos é necessário trabalhar em parceria e contar com o envolvimento dos profissionais. “Vamos aplicar a governança, que vem sendo uma proposta do Governo do Estado, e fazer tudo que estiver ao nosso alcance para a melhoria do hospital e do atendimento a população”, afirmou.

Já no Hospital Regional de Araguaína (HRA), quem assumiu foi a assistente social, Maria Antonice dos Santos, que disse apostar na união dos profissionais e da gestão para enfrentar as dificuldades. “Vou visitar os profissionais de cada setor, ouvir as dificuldades e juntos buscar soluções. Eu não faço milagre, mas acredito que juntos podemos melhorar muito. Reforço que receber o secretário com toda sua equipe aqui no hospital é uma injeção de ânimo e possibilita um espaço aberto para que sejam divididas as angústias e expectativas”, disse a nova diretora.

O médico José Celso Rodrigues, que deixou a direção geral e agora é diretor clínico do HRA, também ressaltou a necessidade do envolvimento da equipe para que sejam conseguidas melhorias. “Sem o envolvimento da equipe não conseguiremos fazer nada e com esse grupo de apoio técnico da secretaria, com certeza vamos conseguir levar ações positivas adiante”, reforçou.

Para o secretário de Saúde, Marcos Musafir, que esteve em Augustinópolis e Araguaína, as mudanças reforçam a importância do modelo de governança na gestão dos hospitais.  “Com todo o apoio  do corpo clínico e das equipes  multiprofissionais  vamos avançar  e superar as dificuldades  e problemas, que é o que deseja e determina o governador Marcelo Miranda”, afirmou.

Para a diretora de enfermagem do HRA, Lorenice Ferreira  Duarte, o  modelo de governança já está ajudando a unidade. “Tenho certeza que  a nova diretoria do HRA  vai nos apoiar muito e este planejamento de governança  está sendo um caminho bom que vai contribuir para a melhoria da saúde em Araguaína”, disse.

Além do secretário, percorreram os hospitais a superintendente de Unidades Próprias, Elaine Negre Sanches, e a assessora especial, Leide Idaine Barros da Silva.

Currículos 

A diretora do hospital de Augustinópolis, Cristiane Costa Uchôa, tem 30 anos e é graduada em Administração Hospitalar,  com pós-graduação em Gestão Hospitalar e Gestão de Saúde Pública. No Hospital de Augustinópolis, já coordenou o setor financeiro, foi supervisora de Vigilância em Saúde na Secretaria  Municipal de Saúde desse município e atuou como professora da Faculdade do Bico do Papagaio (Fabic) e Universidade do Tocantins (Unitins).

Já Maria Antonice dos Santos tem 60 anos, é graduada em serviço social, com pós-graduação em Saúde Pública  e Administração Hospitalar. Na  Secretaria de Estado da  Saúde, desempenhou o cargo de assessora especial e assessora técnica. Atuou na coordenação da reforma e ampliação do Hospital Infantil de Palmal (HIP), do Centro Estadual de Reabilitação de Palmas, do anexo do Hemocentro, da reforma e ampliação do Hospital Regional de Gurupi e de Araguaína. Ela também já ocupou o cargo de secretária de Saúde do município de Wanderlândia e administrou os Pronto Atendimentos Norte e Sul   de Palmas.