Educação

Foto: Divulgação

A rede estadual de Educação iniciou nesta quarta-feira, 10 de agosto, greve geral por tempo indeterminado em defesa do pagamento do retroativo da data-base 2015 e do reajuste da data-base 2016. A Educação votou a favor da participação da greve geral dos servidores públicos, em assembleia realizada no último dia 4. 

A concentração de hoje foi iniciada na Secretaria Estadual da Educação (Seduc), às 8 horas. De acordo com informação repassada ao Conexão Tocantins pelo presidente do Sintet em Palmas, Joelson Pereira, haverá um ato público logo mais, às 16h30min, em frente a Seduc. 

Outra reivindicação da categoria é a realização de concurso público na área. O Sintet deu entrada em duas ações judiciais contra o governador do Estado, Marcelo Miranda. Dentre as ações protocoladas no Tribunal de Justiça, está a cobrança de concurso público para a Educação. 

Palmas

O secretário-geral do Sintet, Carlos de Lima Furtado esteve presente em frente à Secad, em Palmas, na concentração de servidores públicos estaduais em greve geral em apoio ao movimento. 

Araguaína

Em Araguaína, parte das escolas deram início no movimento paredista ainda nesta terça, 9. A Educação participou de ato público na Praça Dom Orione junto com servidores públicos de outras categorias.

O Sintet divulgará no final da tarde de amanhã um levantamento parcial da greve da educação.

Por: Redação

Tags: Greve, Joelson Pereira, Sintet