Cultura

Foto: Divulgação

O Tocantins vai ganhar uma nova série cinematográfica em breve. O ator e produtor cultural Nival Correia, através da produtora Spatium Arte e Cultura, conseguiu aprovar o projeto na segunda edição da Chamada Pública da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TV’s Públicas. O projeto de Correia, a saga “O boneco de barro e o rei”, foi o único selecionado do Estado do Tocantins. O resultado foi divulgado no último dia 3 de agosto. As gravações estão previstas para acontecer na região do Jalapão, Palmas e cidades históricas do Tocantins e o elenco será formado por artistas regionais.

Segundo o ator e produtor, trata-se de um conto adaptado de sua própria autoria, com 26 capítulos e que terá apoio de colaboradores de roteiro para adaptação para TV Pública. Trata-se de uma saga de interior, uma fábula social e contemporânea, escrita a partir das memórias da infância do autor no interior do Maranhão. “Vamos contar com a riqueza estética do teatro mambembe, utilizando cenários, figurinos, maquiagem e interpretação com toda a simplicidade deste estilo”, adianta.  

Sinopse

Na saga, o artesão viúvo Mestre Toá molda um boneco com argila e lágrimas e foge de sua província. Nos primeiros raios do sol o Boneco de Barro cria vida e sai numa jornada buscando algumas respostas - Porque não sou como as outras pessoas? Porque me tratam com tanta indiferença? O Boneco encontra nas províncias do Reino vários personagens que também precisam de respostas. O Conto foi inspirado no romance “As aventuras de Pinóquio” (1883). 

Seleção

Ao todo, foram 828 inscrições, nos cinco editais regionais abertos simultaneamente em dezembro de 2015, foram selecionadas 57 propostas.  Os projetos resultarão em 218 horas de programação brasileira qualificada, produzida em 20 unidades federativas, a ser exibida em cerca de 215 canais dos segmentos comunitário, universitário e educativo e cultural do Campo Público de Televisão.

Foram contempladas 54 empresas brasileiras independentes. Da região Norte foram selecionadas 12 propostas; da região Nordeste, 11 propostas; à região Centro-Oeste coube 12 propostas; da região Sudeste foram escolhidas 11 propostas e a da região Sul, 11 propostas.

Spatium

A Spatium Arte e Cultura consolidou-se como realizadora e responsável pela produção dos maiores e principais eventos culturais do Estado do Tocantins. Dentre eles: A Semana ISTO de Teatro, Temporada Popular de Teatro, ISTO - BR 153 e Produção e Circulação do espetáculo Teatral Dois Idiotas Pelo Brasil e Projeto Música na Estrada.   

Em 2013, a empresa criou seu departamento de audiovisual, Spatium Audiovisual que, com cerca de duas produções por ano, consolida-se no segmento do cinema no Estado do Tocantins. No total são 5 obras produzidas: 2 longas de documentários, 2 curtas de ficção e 1 média metragem de ficção.

Por: Redação

Tags: Nival Correia, Spatium Arte e Cultura