Estado

Foto: Núbio Brito

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Regulação (ATR) e a loja maçônica Luz Pioneira de Palmas, administradora do terminal rodoviário de Palmas, iniciaram os estudos de implantação do terminal de cargas na rodoviária da Capital.

Na tarde dessa terça-feira, 16, o presidente da ATR, Jota Patrocínio, esteve reunido com o presidente da loja maçônica Luz Pioneira de Palmas, Andrés Gustavo Sanchez e o administrador do terminal, Rui Amorim Balestra. 

O terminal de cargas deverá ser implantado com a adequação física da estrutura existente que estava sendo utilizada pela empresa prestadora de serviços de limpeza e com a utilização do espaço para manobras e realização de cargas e descargas já disponível, mas que atualmente é subutilizado. A implantação será custeada pela administração do terminal rodoviário, uma vez que o espaço físico existente será adequado com a instalação de paredes internas e portas para a construção de salas destinadas a abrigar as empresas que hoje utilizam outros espaços.  

De acordo com o presidente da loja maçônica, Andrés Gustavo, com essa implantação, haverá a transferência das quatro empresas de transportes de cargas para um lugar específico. “Essa transferência vai promover a liberação de mais salas comerciais melhorando a logística e separando passageiros de cargas”, ressaltou. 

Para Jota Patrocínio, a construção tem como finalidade o armazenamento provisório de cargas e mercadorias em trânsito, já que estas serão recebidas, passarão por uma triagem da empresa locatária e depois direcionadas para o destino final. “Consequentemente, aumentará o fluxo de cargas, a prestação de serviços será de qualidade, haverá um melhor controle dos passageiros das cargas por parte dos órgãos fiscalizadores, promovendo um estímulo na economia da região e do Estado”, destacou.

O terminal rodoviário de Palmas conta com uma área construída de 7.725,24 m² , de urbanização 5.899,76 m² e foi inaugurado em 2001. Atualmente, opera com 27 guichês, 10 lojas e a circulação diária é de cerca de 700 pessoas. Como forma de comunicação interna foi instalada no início deste mês uma rádio. A emissora é de utilidade pública, com o objetivo de levar a boa música, as informações dos horários de chegada e saída das linhas das empresas de transportes, além da divulgação do Estado às pessoas que circulam no local.  

A loja maçônica Luz Pioneira administra o terminal desde 1999. Em fevereiro deste ano, o termo de compromisso com a ATR foi renovado até dezembro. 

Por: Redação

Tags: ATR, Andrés Gustavo, Jota Patrocínio