Polí­tica

Foto: Divulgação

Em caminhadas nas feiras do centro, entroncamento e comércio de Araguaína, neste final de semana, os candidatos a prefeito da cidade, pela coligação O Novo Tem Força, Olyntho Neto e a vice-prefeito, Batista Capixaba, levaram suas propostas e conversaram com comerciantes e consumidores sobre suas queixas e expectativas de melhorias para Araguaína/TO. Os candidatos puderam falar sobre um novo jeito de governar, apresentando nas conversas com cada um, pontos do seu plano para Araguaína pautado em pilares como ética, honestidade, transparência e participação popular.

Entre os feirantes a expectativa de mudança é notável. Maria de Fátima, que é feirante há 34 anos, disse que até hoje espera mais organização nos locais das feiras onde vende seus produtos, que são a do Centro e a do Entroncamento. Eu queria que a feira fosse assim: lugar para vender as verduras, lugar que fosse cereais vendendo cereais, para roupa, o da carne. Que cada um de nós chegasse aqui e tivesse o seu pontinho definido e marcado, como é nas outras cidades”, ponderou a comerciante.

Téo Batista de Oliveira é feirante há onze anos em Araguaína. Uma das suas expectativas também é a organização das feiras do centro e do entroncamento. “Aqui é necessário que os pontos de cada banca seja definidos, nem que a gente tenha que pagar uma taxa. Porque a gente chega aqui e já tem outro no lugar que a gente já ocupava”, explicou.

A segurança é outra reclamação dos feirantes. A família de Creilza Maria Aquino é atuante na feira do Centro há mais de 30 anos. Segundo ela, o medo tomou conta dos feirantes em razão de assaltos que ocorrem quando terminam as vendas. “A gente sai da feira com medo o tempo todo. É preciso mais policiamento pra nós. Outra coisa é a organização da feira. Não somos valorizados, precisamos que a prefeitura organiza os locais das feiras para que fique melhor de trabalhar e receber nossos compradores”, disse.