Estado

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (SINPOL-TO) encaminhou nota à imprensa parabenizando 374 policiais que tiveram suas progressões efetivadas pelo Governo do Estado, sendo 243 progressões horizontais e 132 verticais . Segundo o sindicato, o ato corrige de forma parcial e extemporânea. "Pois o prejuízo já foi causado, uma vez que o lapso temporal já provocou um retroativo que será pago somente em “momento oportuno", sustenta o Sinpol. 

Ainda de acordo com o sindicato, a efetivação do benefício é legítima e de direito do Policial Civil que alcançou por tempo e merecimento a sua promoção, uma vez atendidos os requisitos legais pelo servidor e reconhecimento pelo Conselho Superior de Policia Civil.

Confira nota na íntegra 

​Nota Progressões

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (SINPOL-TO) parabeniza os 374 policiais que enfim tiveram suas merecidas progressões efetivadas pelo Governo do Tocantins, sendo 243 progressões horizontais e 132 verticais. Ressaltamos que este ato corrige de forma parcial e extemporânea, pois o prejuízo já foi causado, uma vez que o lapso temporal já provocou um retroativo que será pago somente em “momento oportuno”. A efetivação desse benefício é legítima e de direito do Policial Civil que alcançou por tempo e merecimento a sua promoção, uma vez atendidos os requisitos legais pelo servidor e reconhecimento pelo Conselho Superior de Policia Civil. Desta forma, reforçamos a necessidade da administração Estadual observar a implementação no tempo correto para cada servidor, evitando judicializações pelos retroativos. O SINPOL-TO continuará na defesa dos Policiais Civis, buscando a efetivação das demais progressões verticais e horizontais, Data Base, Reenquadramentos das turmas de 94 e 98, cumprimento das decisões Conselho Superior Policial Civil e a principal luta, o Realinhamento Salarial.​

Por: Redação

Tags: Progressões, Sinpol