Polí­tica

Foto: Divulgação

Em pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 31 de agosto, o deputado federal Vicentinho Júnior (PR-TO) pediu ao governador do Tocantins, Marcelo Miranda, que dê explicações e tome medidas rápidas com relação a greve geral dos servidores públicos do Estado. 

Em seu discurso o deputado expôs que Palmas, marcada em sua história por suas belezas, pela sua arquitetura, pela sua receptividade a todos que visitam, amanheceu com os seus acessos bloqueados pelos servidores em greve, reivindicando os seus direitos: o pagamento dos retroativos da data-base de 2015 e a implantação do índice de 9,8307% referente data-base 2016. "Governador Marcelo Miranda, pare de ficar enganando o nosso povo do Estado de Tocantins, pare de ficar usando a máquina pública em seu benefício próprio e de seus apadrinhados políticos", disse Vicentinho. 

Confira o discurso na íntegra: 

"Penso que a criatura se voltou contra o seu criador, porque é o atual governador que, lá atrás, deu aos servidores a condição de, hoje, poderem reivindicar o que lhes é de direito e não vem cumprindo. Aliás, um Governo que já está de meio-dia para frente e até hoje não iniciou a gestão no Estado do Tocantins.

Governador Marcelo Miranda, pare de ficar enganando o nosso povo do Estado de Tocantins, pare de ficar usando a máquina pública em seu benefício próprio e de seus apadrinhados políticos. Se você não sabe fazer gestão pública, vá a Porto Nacional, minha cidade, onde o Prefeito, hoje no seu mandato, se torna referência na aplicação de recursos públicos em Porto Nacional na área da saúde — a saúde do Estado do Tocantins está, hoje, na UTI —, na área da educação e em todas as outras áreas. Ele prefere, em Porto Nacional, lançar candidatura de candidato, dizendo que será soldado daquele candidato em sua campanha.

Governador, você foi eleito para ser soldado do povo, para fazer cumprir todas as suas promessas de campanha em um plano de governo. Comece a executá-lo, Governador. Não é possível que você não tenha amor ao próximo, não é possível que você não tenha solidariedade às pessoas que se encontram, hoje, no HGP, em Palmas, não é possível que você não entenda que o tocantinense merece uma educação de qualidade.

Aliás, no começo do nosso mandato, aqui levantei questão com relação à construção paralisada de algumas escolas de tempo integral. Lá no começo do mandato, no ano passado, fui inclusive interpelado por uma colega ligada ao Governo atual de Tocantins dizendo que eu estava usando de inverdades.

Desafio agora, depois de 1 ano e 7 meses, a constatarmos em que pé estão as Escolas de Tempo Integral, largadas ao acaso nos nossos Municípios, no Estado do Tocantins.

Governador Marcelo Miranda, crie vergonha, comece a trabalhar pelo povo que o fez Governador daquele belíssimo Estado, Tocantins, e diga qual é o tom que você irá dar a esse Governo que até agora não diz para que veio. Dê o zelo devido, a honradez, dialogue, converse com os servidores estaduais.

A PGE divulgou matéria dizendo que vai entrar na justiça para judicializar a greve geral. Não é por aí o caminho a ser tomado, Governador. Dialogue, sinta, saia da cadeira do Palácio Araguaia e vá para o meio do povo que lhe fez Governador e tente achar as devidas soluções que o nosso povo tanto merece. Tenho certeza de que, com pouco diálogo, mas com diálogo da sinceridade, as soluções haverão de vir.

Repito, Governador: crie vergonha e comece a governar pelos tocantinenses”, finalizou Vicentinho Júnior".