Polí­tica

Foto: Antônio Gonçalves Reunião no Vale do Sol Reunião no Vale do Sol
  • Raul Filho na 307 Norte

O candidato a prefeito de Palmas pela coligação “Coragem pra fazer diferente”, Raul Filho (PR), participou na noite dessa quarta-feira, 31, do lançamento de candidatura do vereador Netinho Miranda, no setor Vale do Sol.

Para os moradores, Raul fez o compromisso, caso eleito, vai cumprir 100% de seu plano de governo. “Não apenas 80%, e deixar a população esperando por ações prioritárias e de assistência social. Vamos concluir tudo e atender todas as áreas”, afirmou o republicando, duvidando ainda da porcentagem de realização divulgada pela atual gestão [80%]. “Eu acredito que foi bem menos que isso”, concluiu.

Raul fez um levantamento sobre a realidade socioeconômica da capital e classificou a atual gestão com uma “política de luxo”. “Hoje, não existe uma ponte entre as pessoas e a Prefeitura. Grama, flores, pintar meio-fio, isso pode esperar, mas, a dignidade e o emprego para o cidadão, não”, defendeu.

Por fim, Raul se comprometeu a investir na segurança da sociedade palmense, mesmo sendo responsabilidade do Estado. “Já fizemos isso antes com a Guarda Metropolitana, equipamos, fizemos treinamento e condições para atuar em defesa do cidadão, mas, é preciso avançar”, apontou.

Caminhada região Norte

Junto com militantes, candidatos a vereador(a), e acompanhado de seu vice-prefeito João Campos, da futura primeira-dama Solange Duailibe e do vereador Lúcio Campelo, Raul Filho fez caminhada na tarde de quarta-feira, 31, no comércio da quadra 307N.

Raul Filho se apresentou como o candidato que tem história e compromisso com a cidade e pediu aos eleitores um momento de reflexão do que era Palmas antes dele assumir [2005], e os avanços que foram feitos e planejados em seu governo.

Conversando com empresários, Raul Filho, identificou problemas que entravam o desenvolvimento do comércio e atrasa a geração de empregos. Para o comerciante, Geraldo Magela da Costa, a burocracia para regularização do estacionamento comercial da Área de Proteção Municipal (APM 8), na quadra 307N, é um dos motivos que sua empresa ainda não pode emitir habite-se e consequentemente acarreta dificuldades para o alvará de funcionamento. “Não entendo o motivo de tanta demora, deve ser falta de vontade e de interesse. Vejo cuidados apenas no centro da cidade e abandono nas regiões afastadas”, denunciou Magela.

“Tem o jeito e cara da nossa gente, e não persegue as pessoas”, definiu a vendedora Aline Sales, 32 anos.

Por: Redação

Tags: Eleições 2016, PR, Raul Filho