Educação

Foto: Elias Oliveira Em Palmas, alunos da Escola de Tempo Integral Vila União aproveitam para tirar dúvidas e revisar o conteúdo  Em Palmas, alunos da Escola de Tempo Integral Vila União aproveitam para tirar dúvidas e revisar o conteúdo

Os alunos classificados na 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) farão provas no sábado, 9, as 14h30, horário de Brasília. A lista com os locais de provas está disponível no site www.obmep.org.br. No Tocantins, estão aptos para fazer a prova, 8.867 alunos.

Para esta segunda fase, foram classificados 913.546 alunos em todo o País e estão cadastradas 47.474 escolas públicas, dessas, 123 são unidades de ensino indígenas e as avaliações serão aplicadas em 9 mil centros. No total, mais de 17 milhões de alunos se inscreveram, neste ano, na Obmep.

Em Palmas, realizarão provas alunos de 54 escolas. Os estudantes classificados da Escola Estadual de Tempo Integral Vila União farão provas na Escola Municipal de Tempo Integral Padre Josimo Tavares.  Lá, o professor Weberson Sarjob reuniu-se com os estudantes que irão fazer a prova e passou algumas dicas de como eles devem aproveitar esta última semana para se prepararem.

“As recomendações que passamos é que os alunos devem buscar mais conhecimento, entrar no site da OBMEP, assistir aos vídeos preparatórios e procurar sanar as dúvidas”, frisou.

O estudante Giovani dos Santos, 15 anos, aluno do 9º ano do ensino fundamental fará a prova pela terceira vez. Para ele, o fato de participar de uma olimpíada ajuda a se interessar mais pela escola. “Nós estudamos mais e ficamos pensando na possibilidade de receber medalhas”, disse.

O aluno Natan Linnekee Moura, 12 anos, aluno do 7º ano do ensino fundamental também comentou sobre o momento de preparação. “Estou estudando em casa e procurando aprender mais”, ressaltou.

Joyce Meyre Araújo Abreu, 16 anos, aluna da 3ª série do ensino médio, disse que “a Olimpíada incentiva os alunos na busca do conhecimento”.

Para o coordenador regional da Obmep de Araguaína, William Carlos de Sousa, é importante que a escola se mobilize para que os alunos não percam essa oportunidade. “Lembramos que os locais de provas podem ser acessados no site da Obmep, como também o regulamento e todas as informações sobre a prova”, frisou Wiliam.

Premiação

Na prova de sábado, o exame terá seis questões dissertativas, que exigirão dos candidatos a aplicação do raciocínio matemático na resolução das questões.

Neste ano, a Comissão Organizadora concederá 6.500 medalhas de ouro para os estudantes que alcançarem um bom desempenho. Também serão concedidas 1.500 medalhas de prata, 4.500 medalhas de bronze, e serão distribuídas 46.200 menções honrosas para os estudantes que se destacarem. O resultado será divulgado no dia 30 de novembro.

Criada em 2005, a Obmep é uma ação realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa). O certame representa a maior olimpíada estudantil do país e tem como objetivo principal promover o estudo da Matemática e descobrir talentos.