Opinião

Foto: Divulgação Virgilio Ricardo Coelho Meirelles é advogado e professor de Direito Civil Virgilio Ricardo Coelho Meirelles é advogado e professor de Direito Civil

Como cidadão que cumpre com suas obrigações (e não são poucas) paro para refletir como nossa sociedade pune quem cumpre com suas obrigações.

Somos punidos quando chegamos no horário marcado e o cerimonial nos informa que o evento irá atrasar alguns minutos em média 90 curtos minutos, pois nem todos chegaram, ou pior, a autoridade que deveria chegar no horário ainda não chegou, ou seja, o tempo deles é diferente do meu.

Como advogado, sou punido quando uma audiência designada para um determinado horário não acontece naquele horário porque a “pauta está atrasada”, e noto que foram designadas várias audiências com intervalos de 20 minutos entre cada uma delas, ou seja, a pauta já nasce atrasada.

Sou punido quando meu órgão de classe propõe descontos nos juros e multas de até 100 % aqueles que estão inadimplentes. Como desconto, se ao pagar aquela parcela da anuidade com um dia de atraso, fui obrigado a pagar multa e juros! Mais uma vez fui punido pois se estivesse esperado teria tido um atraente desconto.

Sou punido também, quando recolho os Impostos conforme calendário fiscal enquanto outros aguardam o tão esperado REFIS e lá obtém vantagens exclusivas.

Não estou aqui a incentivar a desobediência civil, ao contrário, gostaria que todos que não cumprissem com suas obrigações fossem impelidos a cumprirem-nas na forma legal.

*Virgilio Ricardo Coelho Meirelles é advogado, professor de Direito Civil na Faculdade Serra do Carmo, Mestre em Gestão e Desenvolvimento Regional, conferencista, palestrante e autor de artigos na área de Direito de Família e Sustentabilidade. vrcmeirelles@gmail.com

Por: Virgílio Ricardo Coelho Meirelles

Tags: Articulistas, Desobediência Civil, Virgilio Ricardo Coelho Meirelles