Saúde

Foto: Nielcem Fernandes Coordenadores municipais e técnicos de salas de vacina de todo o Estado estão recebendo orientações sobre a campanha Coordenadores municipais e técnicos de salas de vacina de todo o Estado estão recebendo orientações sobre a campanha

Atualizar a carteira de vacinação das crianças menores de cinco anos, crianças com nove anos e adolescentes de dez a 14 anos é o objetivo da Campanha Nacional de Multivacinação que se inicia no Tocantins na próxima segunda- feira, 19, e segue até o dia 30 de setembro. 

Para a campanha serão disponibilizadas todas as vacinas do calendário básico, mas a enfermeira da Gerência de Imunização do Estado, Greicy Rivello, alerta que esse ano serão disponibilizadas apenas a segunda e terceira dose da vacina oral contra poliomielite (VOP). “Assim, quem precisa tomar a primeira dose não será contemplada nesse momento, apenas aqueles que precisam tomar a segunda e terceira dose da vacina. Além disso, não entra nessa campanha a vacina BCG, que requer um manuseio mais cuidadoso, por ser uma ampola diferente das demais”, explicou.

Nesta terça-feira, 13, coordenadores municipais e técnicos de salas de vacina de todo o Estado estão recebendo orientações sobre a Campanha de Multivacinação. Em Palmas, participam da reunião representantes de 80 municípios do Centro-Sul do Estado. Já em Araguaína, está sendo orientados  profissionais dos municípios da Região Norte do Tocantins. 

A gerente estadual de Imunização, Rosângela Bezerra, explica que não existe uma meta a ser alcançada e que todo o público-alvo deve procurar um posto de vacinação para que a caderneta seja avaliada e o esquema de vacina atualizado. “O objetivo da multivacinação é resgatar os não vacinados e contemplar esquemas de vacinação, além de contribuir para a redução, eliminação e erradicação das doenças imunopreveníveis”, esclareceu.

Vinda da cidade de Ipueiras para participar da reunião, a técnica em enfermagem Generosa Rodrigues da Silva disse que é muito importante as orientações sobre a campanha. “Temos que nos atualizar sempre, pois toda campanha tem alguma alteração e como trabalhamos com crianças precisamos de mais atenção ainda”.

Os pais, que não podem se deslocar até o posto de saúde com os filhos durante a semana, podem procurar uma unidade no sábado, 24, Dia D da campanha. Nesse dia os postos funcionarão em todo o Estado das 8 às 17 horas.